Deus tarda, mas não falha!

Deus sabe pelo que você está esperando neste momento. E todas as suas promessas se cumprirão na sua vida também. Basta saber esperar, pois Deus não esqueceu de você… Espera, pois pelo Senhor, tem bom ânimo e fortifique-se o teu coração!

 Cerla Knevitz      

Quantas vezes já ouvimos ou até mesmo falamos esse ditado popular?

Mas será que realmente DEUS tarda? O que há de verdadeiro nessa afirmação?

Na verdade, Deus não tarda nem falha. Deus age no seu tempo. Algo que para nós é difícil compreender: o tempo de Deus! Vivemos em um tempo de imediatismos. Nosso limite máximo de espera é o tempo de apertar um botão, tudo tem que ser instantâneo. Mas o tempo de Deus é diferente: o apóstolo Pedro na sua 2ª carta, capítulo 3, versículos 8 e 9, nos diz: “Mas há uma coisa, amados, que vocês não devem esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos são como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a julguem demorada. Pelo contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento”.

Deus tem outros critérios com relação ao tempo, um deles é nos dar oportunidade de refletir sobre nossa vida, reconhecer e nos arrepender dos nossos erros e pecados, buscar e confiar unicamente ele. O problema é que nesse tempo de espera pelo agir de Deus, muitas vezes tentamos encontrar soluções por nós mesmos e desistimos de esperar em Deus.

O salmo 27 nos dá algumas dicas do que fazer enquanto esperamos uma resposta de Deus:

– “Espere, pois, no Senhor” – Não devemos buscar forças em nós, pois “somos como potes de barro” (2Co 4.7 – NTLH). Enquanto esperamos, é o momento de exercitar e viver na prática a nossa fé em Deus. É entender que a resposta certa virá, com certeza, dos lábios do Senhor (Pv 16.1).

– “Tem bom ânimo” – Durante o tempo de espera, devemos manter viva a esperança. A única forma de nos manter animados é estando em contato com a Palavra de Deus e crendo em suas promessas. E aqui lembro de uma promessa do Salvador Jesus que pode transformar o nosso estado: “No mundo, vocês passam por aflições; mas tenham coragem, eu venci o mundo” (Jo 16.33). Podemos estar certos de que pode levar o tempo que for, mas a nossa vitória já foi conquistada por Cristo na cruz! Ele venceu! E isso deve nos animar sempre.

– “Fortifique-se o vosso coração” – Para nos submeter ao tempo de Deus e atravessar o período de espera é fundamental mantermos os nossos corações fortalecidos. E a Bíblia nos traz orientações sobre isso também: lemos em Hebreus 13.9: “o que vale é ter o coração fortificado com graça”. E Paulo aconselha Timóteo: “Quanto a você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus” (2Tm 2.1). É tempo de encher o nosso coração com tudo o que é bom, perfeito e amável, buscando conhecer a vontade de Deus para a nossa vida. O tempo da “espera” deve nos colocar aos pés de Jesus para recebermos dele a força e a esperança de que precisamos!

Deus sabe pelo que você está esperando neste momento. E ele o lembra de que ele NÃO TARDA e também NÃO FALHA! Deus jamais falhou. E todas as suas promessas se cumprirão na sua vida também. Basta saber esperar, pois Deus não esqueceu de você… Espera, pois pelo Senhor, tem bom ânimo e fortifique-se o teu coração!

                                                                                  

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Pastor é instalado em Sinop, MT

Mauro Scheibler irá atuar na Paróquia Emanuel

Veja também

Pastor é instalado em Sinop, MT

Mauro Scheibler irá atuar na Paróquia Emanuel

Você já reclamou de um presente dado por Deus?

“Quem vem aí?”, me perguntou uma senhora na saída do culto. Ao responder que era mais um menino, ela disse: “Ah, não!! Tinha que ser uma menina!” Quase sem acreditar no que ouvi, questionei: “Por quê? Não mesmo! Quando Deus envia o presente, a gente aceita com gratidão”.

Dores que fazem crescer

“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam” (Tg 1.12).