Comunicado de falecimento do pastor emérito Mário Jost Wendt

A Diretoria Nacional da IELB comunica, com pesar, o falecimento do pastor emérito Mário Jost Wendt, ocorrido no sábado, 11 de julho, em Santa Rosa, RS.

Filho de Menno Albino Petry Wendt e Wanda Jost Wendt, o Rev. Mário Jost Wendt nasceu em 06/10/1949, em Santa Clara do Ingaí, Quinze de Novembro, RS. Foi batizado em 06/11/1949 e confirmado no dia 15/12/1962. Formou-se em Teologia Pastoral no Seminário Concórdia, na época em Porto Alegre, RS, em 05/12/1976.

No dia 04/02/1978 casou-se com Gládis Döring Wendt, com quem teve três filhas: Caroline Andréa, Fernanda Raquel e Débora Natália.

Ordenado em 19/02/1977, exerceu o ministério pastoral em Fraiburgo, SC (1977 a 1980), Getúlio Vargas, RS (1980 a 1996), Santa Rosa, RS (1996 a 2012). E, em 04/11/2012, recebeu o título de Pastor Emérito da IELB.

Também ocupou cargos administrativos, sendo eles: Conselheiro do Distrito Rio Uruguai (1991-1994) e Conselheiro do Distrito Missioneiro (2004-2006).

Deixa enlutados a esposa, filhas e demais parentes e amigos. O corpo foi velado no templo da Comunidade São João, e o culto fúnebre foi realizado no sábado, às 16h, com presença dos familiares e amigos mais próximos.

Que Deus, em sua infinita graça e misericórdia, conforte os corações da família e amigos enlutados, com a certeza da vida eterna pela fé no Salvador Jesus Cristo.

“Mas a verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados. Porque, assim como por meio de um homem veio a morte, assim também por meio de um homem veio a ressurreição. Assim como, por estarem unidos com Adão, todos morrem, assim também, por estarem unidos com Cristo, todos ressuscitarão. Porém cada um será ressuscitado na sua vez: Cristo, o primeiro de todos; depois os que são de Cristo, quando ele vier; e então virá o fim. Cristo destruirá todos os governos espirituais, todas as autoridades e poderes e entregará o Reino a Deus, o Pai”. 1 Co 15.20 a 24

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Emergindo das águas: Um novo começo

A nossa querida Editora Concórdia irá se reerguer e continuará a ser a editora da teologia bíblica e confessional que herdamos da Reforma. Publicando a Palavra que permanece.

Veja também

Emergindo das águas: Um novo começo

A nossa querida Editora Concórdia irá se reerguer e continuará a ser a editora da teologia bíblica e confessional que herdamos da Reforma. Publicando a Palavra que permanece.

Um fim em comum!

E para cumprir com seu propósito, a IELB: utilizará os meios de comunicação; produzirá e distribuirá livros e material religioso, fundando e mantendo organizações com essa finalidade. Esse é o porquê de a Igreja ter uma editora.

14º Encontro Nacional de Escolas Luteranas (14º ENEL)

Em 1524, Lutero elaborou um documento que lançaria as bases de conceitos como educação pública e gratuita, universalização do ensino, ludicidade no processo ensino-aprendizagem, educação interacionista, protagonismo do aluno, aprendizagem significativa e de uma educação com propósitos existenciais, fundamentada nos princípios cristãos.