Encontro da ASAS com alunos do T6

Objetivo é promover diálogo e assistência mútua com estudantes e familiares

A cada semestre, a Associação das Servas Amigas do Seminário (ASAS) se reúne com as turmas de alunos e suas respectivas famílias para promover diálogo e assistência mútua. O último encontro deste ano foi dedicado à turma do T6 (Sexto Ano Teológico).

Este encontro foi marcado pelo estudo da Palavra de Deus e reflexões sobre o ministério e família pastoral, acompanhado por música e momentos de confraternização, sendo especialmente significativo pela despedida.

O estudo foi conduzido de forma inspirada pelo aluno Richard Piper, enquanto o líder da turma, Ramon Augusto Pedro, expressou seus agradecimentos.

Durante o evento, alguns alunos tiveram a oportunidade de conduzir os hinos, adicionando um toque especial ao momento.

Ao final, os demais membros da turma entregaram um pequeno mimo em agradecimentos à gestão que encerra seu trabalho, simbolizando o reconhecimento pela dedicação e envolvimento.

Este momento reforça a importância da comunidade acadêmica e da conexão significativa entre alunos, famílias e a ASAS.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó