Pessoas precisam de Deus e pessoas precisam de pessoas

O Departamento de Ação Social (DAS) é um dos departamentos do Conselho Diretor da IELB. Atualmente tem os seguintes membros: pastor Airton Scheunemann Schroeder (vice-presidente de Ação Social), Ricardo Schmitt Hannes (coordenador), pastor André Hönke (secretário), pastor Darlon Davi Ulrich, Heron Hilgemberg, pastor Elbert Jagnow (presidente da AESI) e pastor Ricardo Bruno Voss (secretário do CD).

O DAS (Cf. Regimento da IELB, Art. 34) tem como objetivo assistir os pastores, as famílias, as congregações e as organizações de ação social no desempenho de suas tarefas.

É da natureza do cristão ser servidor, preocupar-se com o próximo, seguindo o exemplo de Jesus. Em Mateus 20.28, encontramos: “Porque até o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida para salvar muita gente”.

Muitas vezes não sabemos como fazer ou como iniciar. Envolvemo-nos em projetos sociais que não condizem com a atitude cristã ou que buscam reconhecimento e promoção pessoal de alguém, ao invés de realmente auxiliar o próximo a buscar seu desenvolvimento e mostrar que Jesus está cuidando dele por meio dessa ação.

Por vezes, queremos realizar um trabalho de ação social dentro de nossa congregação e nos deparamos com tantas dúvidas, que desistimos. Ou por falta de apoio, estrutura e conhecimento, não conseguimos dar continuidade.

O DAS foi criado justamente para isto: coordenar o desenvolvimento da ação social na IELB, sensibilizando, mobilizando e orientando a igreja, para que cada congregação se torne uma agência de serviço e ação social dentro da comunidade onde está inserida.

A ação social, especificamente, faz parte da missão de Deus no mundo e é desafio constante para igreja. Deve fazer parte da vida da congregação.

Através dos relatórios das estatísticas anuais da IELB, conseguimos observar congregações trabalhando fortemente em Ação Social com muita criatividade e dedicação. Outras estão engatinhando, com muita timidez desenvolvendo seus projetos e, com certeza, necessitando de padrinhos e madrinhas para apoiá-los. Esse auxílio é obtido pela atuação dos coordenadores distritais, que buscam dar visibilidade, a toda a igreja, aos trabalhos voluntários de bem-estar e desenvolvimento humano através de seminários, encontros e fóruns para reflexão, troca de experiências e estudos de casos.

Para este ano de 2023, estamos apostando numa estrutura nova de trabalho. Definimos dentro do DAS um responsável para cada distrito da IELB com objetivo de estar mais próximo dos coordenadores distritais de ação social. É um aprendizado contínuo. O que fazemos pode ser utilizado ou até mesmo aperfeiçoado por outros. Por isso, queremos aprender e também auxiliar a todos os coordenadores através de um contato mais próximo. Essa parceria é muito importante!
Hoje a Ação Social é uma ferramenta de extrema importância na evangelização. Ela desperta nas pessoas o amor pelo próximo e mostra a presença de Deus no cuidado ao ser humano.

“Saber que Deus está comigo é muito bom! Mas sentir a presença de Deus através do apoio, da companhia, dos conselhos, da ajuda, da palavra amiga, do socorro e do ombro amigo do próximo, é especial! […]
Estar ao lado de, pegar na mão, ouvir, dialogar, fazer, ajudar… Assim o amor e a presença de Deus se tornam reais na vida das pessoas.” (SCHROEDER, Airton. A Igreja em Movimento. Porto Alegre: Concórdia, 2016, p.28)

Afinal, pessoas precisam de Deus!
Pessoas precisam de pessoas!

Ricardo Schmitt Hannes
Coordenador do DAS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Veja também

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Enchente no RS provoca mudanças no Simpósio de Missão

Programação do Seminário Concórdia será reduzida e online. Inscrições podem ser feitas até o dia 21 de junho

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase