Amar o próximo através do voluntariado

Doar cestas básicas, dar abrigo a estrangeiros, visitar enfermos ou auxiliar na reconstrução de casas após desastres. Agir em favor do próximo sem esperar nada em troca é uma das respostas ao amor de Deus. Ser voluntário também é ter o coração disposto ao serviço ao próximo, servindo ao Senhor com alegria.

Cada um tem dons e habilidades, que, mesmo sendo diferentes, podem se unir para um objetivo específico. Por exemplo: um pode contribuir na arrecadação de valores, enquanto outro ajuda no preparo de alimentos, e outro faz a entrega das marmitas a pessoas em situação de rua ou àquelas que passam horas em frente a um hospital, acompanhando um familiar internado. Diversas situações, onde cada um pode contribuir com seu conhecimento ou ações.

“A igreja e a sociedade precisam de pessoas engajadas e comprometidas com as causas e a vida das pessoas. Esta é uma característica do trabalho voluntário, quando uma pessoa coloca seu conhecimento, sua profissão, seus dons e tempo a serviço das pessoas, sem buscar retorno pessoal ou monetário”, explica o vice-presidente de Ação Social da IELB, pastor Airton Schroeder.

Em 5 de dezembro é celebrado o Dia Internacional do Voluntário para o Desenvolvimento Econômico e Social. Conheça alguns projetos apoiados por congregações da IELB. Acesse o site https://www.ielb.org.br/doacoes e veja formas de ajudar.

Simões Filho, BA

Fazer o bem, faz bem! Com essa motivação, os departamentos da Congregação Cristo para Todos, de Simões Filho, BA, têm testemunhado através da ação social. Em 2018, a Congregação fez parceria com a ACCI (Apoio ao Combate ao Câncer Infantil) e, diante da demanda indicada, passou a arrecadar mensalmente produtos de higiene. As doações são organizadas em cestas, cada uma com cerca de nove tipos de produtos, que são entregues a aproximadamente 30 famílias assistidas pela instituição.

“Nós amamos porque Deus nos amou primeiro (1Jo 4.19). Através da colaboração e da ajuda vamos sendo aperfeiçoados, para que o amor seja sempre mais verdadeiro ao ir ao encontro e repartir com nosso próximo”, afirma Jane Serafim, membro da Congregação e presidente regional da LSLB.

Todo final de ano também é organizado um evento especial para as crianças e seus familiares, que pode acontecer no templo da Congregação ou no espaço da instituição, pois é levado em consideração o estado de saúde das crianças e as possibilidades de deslocamento. “Esse é um momento no qual podemos falar de Jesus através das histórias bíblicas, do louvor, da oração e confraternizamos com um delicioso lanche. Na ação social queremos ser igreja: povo de Deus que diz sim ao chamado do Senhor e reconhece sua missão de diminuir a necessidade do próximo e, junto a isso, testemunha a obra salvadora de Jesus!”, finaliza Jane.

Apoio ao Combate ao Câncer Infantil

A ACCI é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, com sede no município de Simões Filho, BA, onde atua desde 2007. Através do voluntariado, desenvolve ações que visam apoiar famílias carentes de crianças com câncer, em busca de lhes proporcionar qualidade de vida e esperança. Em 2022 completou 15 anos de atuação.

“A diretoria da ACCI, bem como os demais voluntários e amigos, parabeniza e agradece aos membros da Congregação Cristo para Todos pelo empenho e dedicação demonstrados desde 2018, fato evidenciado através do comprometimento e regularidade no fornecimento do material de limpeza e higiene, que são repassados mensalmente para às famílias assistidas por nossa instituição, bem como no consumo interno da nossa sede. Que o bom Deus continue os abençoando ricamente”, manifestam Sérgio e Cristiana Oliveira, fundadores da ACCI.

Guaíba, RS

“Somos um grupo de servas e amigas da Congregação São João Batista, de Guaíba, RS, que chamamos de Compartilhar Amor, tricotando, crochetando, costurando para ajudar as crianças. O trabalho iniciou em dezembro de 2021, e mais de mil peças já foram tecidas pelo grupo e entregues para a Associação Evangélica Luterana de Caridade (AELCA).

Cada amiga confecciona em sua casa e depois juntamos tudo no salão da igreja e entregamos a quem necessita. O pastor Ademir Stahl é nosso apoiador e nos ajuda na distribuição e entrega de lãs e o que mais vai surgindo. Aceitamos doações de lãs e tecidos, pois tudo é revertido para ajudar a quem precisa.

Nossa gratidão a Deus por tudo, pelas mãos que tecem, que ajudam nas doações, para podermos ‘Compartilhar Amor’ também dessa maneira”, declara

Lianete Schneider de Souza, em nome das amigas do grupo.

A AELCA

A AELCA é uma organização não governamental atuante na região leste de Porto Alegre, mantida através de doações e parcerias com a Prefeitura Municipal. Foi fundada em 10 de novembro de 1968, a partir da iniciativa de um grupo de luteranos em apoiar uma Casa Lar, que atendia 15 crianças e funcionava como semi-internato.

Em 1982, recebeu uma doação anônima com a qual construiu um prédio de dois andares e passou a funcionar exclusivamente como creche. Hoje atua por meio dos programas de Serviço de Atendimento à Família, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo e Educação Infantil. Atualmente atende 204 crianças e adolescentes e 1313 famílias nas áreas de assistência social e educação infantil.

Canoas, RS

O grupo Mãos Que Trabalham (MQT) foi criado pelo Departamento de Servas da Congregação Castelo Forte, de Canoas, RS, inicialmente, com o objetivo de troca de experiências e de conhecimento de trabalhos manuais entre as servas, para atender ao projeto de Multiplicação de Talentos, da Liga de Servas Luterana do Brasil (LSLB). O grupo se reúne todas as terças-feiras para produzir esses trabalhos.

Durante a pandemia nos dedicamos, cada uma em sua casa, à confecção de máscaras de proteção contra a COVID-19, que foram distribuídas em comunidades carentes, hospitais e também para a Liga Feminina de Combate ao Câncer, de Canoas.

A Liga Feminina nos apresentou a necessidade de almofadas para serem utilizadas pelas as mulheres que passam pela cirurgia de mastectomia. Após a cirurgia, elas não podem abaixar o braço, pois a região fica muito comprometida e dolorida. A almofada é em formato de coração e possui duas tiras na parte superior para ser amarrada ao ombro, possibilitando que a mulher possa abaixar o braço sem se machucar. Decidimos, então, confeccionar essas almofadas e doá-las para a Liga Feminina.

“Até o momento foram entregues 120 almofadas, junto com material evangelístico. A entrega sempre é feita para representantes da Liga Feminina durante nossa reunião do Departamento, para que todas as servas possam participar desse gratificante e emocionante momento. Deus tem abençoado grandemente esse trabalho”, comenta Dulcibel de Castro Silva, presidente do Departamento de Servas Castelo Forte.

Artigo anterior
Próximo artigo

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Veja também

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Enchente no RS provoca mudanças no Simpósio de Missão

Programação do Seminário Concórdia será reduzida e online. Inscrições podem ser feitas até o dia 21 de junho

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase