Comunicado de falecimento do pastor emérito Horst Reinhold Kuchenbecker

A Diretoria Nacional da IELB comunica, com pesar, o falecimento do pastor emérito Horst Reinhold Kuchenbecker, aos 85 anos, ocorrido no sábado, 28 de novembro, três dias após o falecimento de sua esposa Ursula.

Filho de Hans Kuchenbecker e Grethe Marta Kuchenbecker, o Rev. Horst Reinhold Kuchenbecker nasceu em 24/09/1935, em Goettkendorf, Alemanha. Foi batizado em 27/10/1935, ainda na Alemanha, e confirmado no dia 12/12/1950, já no Brasil, em Moreira, Três Coroas, RS. Formou-se em Teologia Pastoral no Seminário Concórdia, na época em Porto Alegre, RS, em 11/12/1960.

No dia 21/01/1961 casou-se com Ursula Renata Gedrat Kuchenbecker, com quem teve oito filhos: Verônica, Werner, Valter, Mirna, Ingrid, Klaus, Hans e Grete.

Ordenado em 08/01/1961, exerceu o ministério pastoral em Passo do Santana, Cerrito, RS (1961 a 1965), Três de Maio, RS (1966 a 1970), São Leopoldo, RS (Professor no Instituto Concórdia de 1971 a 1973), Moreira, Três Coroas, RS (1974 a 1977) e São Geraldo, Porto Alegre, RS (1984 a 2005). E, em 31/07/2005, recebeu o título de Pastor Emérito da IELB.

Também ocupou cargos administrativos, sendo eles: 1966-1982 Departamento de Educação Paroquial; 1974-1979 Estatístico IELB; 1974-1983 Coordenador Projeto Filipe; 1977-1984 Secretário Executivo Departamento de Educação Paroquial IELB; 1986-1988 Conselheiro Distrito Porto-Alegrense; 1988 Conselheiro Região Sul; 1988-1989 Departamento de Missão; 1988-1990 Comissão de Colóquio; 1990-1994 Comissão de Apelação; 1998-1999 Comissão de Salários; 1998-2002 Conselheiro Distrito Porto-Alegrense; 2000-2002 Comissão de Regimento; 2002-2006 Comissão de Teologia e Relações Eclesiais.

Deixa enlutados os filhos e demais familiares e amigos. O corpo foi velado na capela da funerária Seewald, em São Leopoldo, RS. A cerimônia de despedida foi realizada no sábado, 28 de novembro, no mesmo local.

Que Deus, em sua infinita graça e misericórdia, conforte os corações da família e amigos enlutados, com a certeza da vida eterna pela fé no Salvador Jesus Cristo.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Veja também

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Missão Feliz, RS, completa 8 anos

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes

Setenta anos, a Igreja em missão em Baixo Guandu, ES

Congregação Da Paz celebrou culto festivo no dia 14 de abril