Comunicado de falecimento do pastor Wilson Harri Lentz

A Diretoria Nacional da IELB comunica, com pesar, o falecimento do pastor Wilson Harri Lentz, ocorrido na manhã deste domingo, 19 de março, no Hospital Santo Antônio, em Sinop, MT. Pastor Wilson Lentz estava internado na UTI e faleceu em decorrência de uma grave infecção. Alcançou a idade de 61 anos, 6 meses, e 12 dias.

O velório está acontecendo no Memorial Luz e Vida Embaúbas I (Av. das Embaúbas, 1.915 – Centro) e o sepultamento será nesta segunda-feira, 20 de março, às 16h30, no Cemitério de Sinop.

Deixa enlutados a esposa Neiva Romi Lentz, os filhos Natacha, Dayana e Ralf, genro, nora, a Congregação Evangélica Luterana Emanuel, onde atuava há 26 anos, e demais familiares e amigos. Que Deus, em sua infinita graça e misericórdia, conforte os corações da família e amigos enlutados, com a certeza da vida eterna pela fé no Salvador Jesus Cristo.

“Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham.” (Ap 14.13)

Trajetória

Wilson Harri Lentz nasceu em 07/09/1961, em Giruá, RS. Formou-se em Teologia pelo Seminário Concórdia de São Leopoldo em 1985 e foi cedido à Igreja Luterana da Venezuela, onde exerceu seu ministério de 1986 a 1994. Retornando ao Brasil, em 1997, aceitou chamado da CEL Emanuel, de Sinop, MT, onde exerceu seu ministério até seu chamado à morada celestial.

Mensagem da CEL Emanuel – Sinop, MT:

“Pastor da IELB por 37 anos, dentre eles missionário por 8 anos na Venezuela, 2 anos prestou auxílio na igreja em Ji-Paraná, RO, e por 26 anos e poucos dias em Sinop, MT, batalhou corajosamente contra o câncer mieloma múltiplo, e deixou-nos de forma serena domingo, às 6h da manhã, em um dia que ele gostava muito, dia chuvoso, que justamente a congregação onde congregamos realizou culto à Deus hoje, com o grupo de música que ele liderava, domingo de manhã, dia de culto que ele mais amava! (Relato feito pela sua filha Natacha)

Ficam as boas lembranças do seu grande amor pela palavra de Deus e seu empenho na pregação do Evangelho. Esse foi o versículo Bíblico lido para ele em uma das últimas visitas feitas na UTI: ‘Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o SENHOR, seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for!’ (Js 1.9).”

Mensagem da Diretoria Nacional da IELB:

“Hoje a Igreja Evangélica Luterana do Brasil, despede-se de seu fiel obreiro, o Pastor Wilson Harri Lentz. Em vida, o SENHOR Deus, nosso Pai celestial, olhou com favor sobre o seu filho, o pastor Wilson Harri Lentz: Perdoou-lhe todos os seus pecados e confortou-o com a promessa da ressurreição para a vida eterna, mediante o sacrifício Vicário do seu Filho Jesus Cristo, o nosso Senhor, que vive e reina com Deus Pai e com o Espírito Santo, um só Deus, agora a sempre. Foi nesta fé e esperança cristãs que o pastor Wilson serviu no ministério Pastoral na Venezuela e em Sinop, MT.

Por isso, podemos suplicar com Simeão: “Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra; porque os meus olhos já viram a tua salvação, a qual preparaste diante de todos os povos: luz para revelação aos gentios, e para glória do teu povo de Israel.”. (Lucas 2.29-32 – NAA). O pastor Wilson está em paz, aquela paz que somente o Senhor Jesus Cristo pode dar, esta foi a mensagem de seu ministério pastoral e esta é a fé Cristã que nós confessamos com Simeão: Cremos que Deus, o Pai, que o criou, Deus, o Filho, que o redimiu e salvou com seu sangue, e Deus, o Espírito Santo, que o santificou desde a água do Santo Batismo, recebeu nosso querido pastor Wilson na companhia dos santos e anjos para viver na luz de sua glória eterna, por causa daquele que nos Salvou, Jesus o Cristo.

Desejamos a paz e o consolo cristão à esposa Neiva Romi Lentz, aos filhos Natacha, Dayana e Ralf, ao genro e à nora, demais familiares e toda Congregação Evangélica Luterana Emanuel, onde o pastor Wilson servia como ministro de Cristo e do Evangelho na cidade de Sinop. Estimada família e amigos, estejam certos que a força que Cristo nos dá, será amparo neste momento de dor e despedida, na certeza do Feliz Reencontro.

Portanto, nos dirigimos a Deus em oração; “Ó Deus Pai, fonte de todas as bênçãos, nós te damos graças por teres conduzido nosso irmão, pastor Wilson Harri Lentz, na verdadeira fé e por tê-lo tomado de volta para ti. Conforta-nos com a tua santa Palavra e dá-nos firmeza na fé para que, quando chegar a nossa hora final, possamos morrer em paz, na confiança em ti. Por Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém”.

Rev. Joel Müller
Vice-presidente de Ensino da IELB

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó