Dedicação de templo e casa pastoral em Pelotas

No dia 20 de novembro, a Congregação Sião, do bairro Laranjal, em Pelotas, RS, esteve em festa, pois dedicou o seu templo e a sua nova casa pastoral ao serviço do Reino de Deus. A CEL Sião é um ponto de missão atendido pela Congregação Da Redenção, de Pelotas.

A festividade teve início com a dedicação da casa e do templo e sua placa de identificação, com posterior descerramento da fita. Em seguida, foi realizado o culto onde a liturgia foi conduzida pelo pastor local, Valdir Lopes Junior, e o estagiário do Seminário Concórdia, Juliano Mülling Timm. A mensagem foi oficiada pelo presidente da IELB, pastor Geraldo Walmir Schüler, destacando as palavras do Salmo 126.3, “De fato, grandes coisas o Senhor fez por nós; por isso, estamos alegres”.

O culto contou com a participação do Coral Da Redenção e do Coral da Sião. Aconteceu também a recepção de membro por profissão de fé da senhora Noris Helena Hyppolito Macedo. Cerca de 150 pessoas estiveram presentes. Após o culto todos puderam participar de uma confraternização no salão da Congregação.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó