Projeto Adorar, de Santa Maria de Jetibá, ES, lança clipe do hino 398 do Hinário Luterano

Na quinta-feira, 23 de julho, o Projeto Adorar, de Santa Maria de Jetibá, ES, lançou o clipe da música “Amoro e humilde Servo”, hino 398 do Hinário Luterano. O lançamento aconteceu durante o programa IELB em Ação na Rádio CPT (assista aqui), apresentado pelo vice-presidente de Expansão Missionária da IELB, Rev. Heder Gumz. O clipe também está disponível no canal do Youtube do projeto (acesse aqui).

Sobre o Projeto Adorar

Após convite para participar de um culto na Rádio Cristo para Todos, surgiu o Projeto Adorar. O objetivo é gravar hinos cantados nas Congregações da IELB, especialmente do Hinário Luterano, além de músicas autorais, levando músicas cristãs para as pessoas, focado no ensino, testemunho e louvor.

O grupo é formado por músicos das congregações da IELB em Santa Maria de Jetibá, contanto em momentos oportunos com a participação de músicos de outras denominações do Município.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Emergindo das águas: Um novo começo

A nossa querida Editora Concórdia irá se reerguer e continuará a ser a editora da teologia bíblica e confessional que herdamos da Reforma. Publicando a Palavra que permanece.

Veja também

Emergindo das águas: Um novo começo

A nossa querida Editora Concórdia irá se reerguer e continuará a ser a editora da teologia bíblica e confessional que herdamos da Reforma. Publicando a Palavra que permanece.

Um fim em comum!

E para cumprir com seu propósito, a IELB: utilizará os meios de comunicação; produzirá e distribuirá livros e material religioso, fundando e mantendo organizações com essa finalidade. Esse é o porquê de a Igreja ter uma editora.

14º Encontro Nacional de Escolas Luteranas (14º ENEL)

Em 1524, Lutero elaborou um documento que lançaria as bases de conceitos como educação pública e gratuita, universalização do ensino, ludicidade no processo ensino-aprendizagem, educação interacionista, protagonismo do aluno, aprendizagem significativa e de uma educação com propósitos existenciais, fundamentada nos princípios cristãos.