Conferência Mundial do ILC 2022

O presidente da IELB, pastor Geraldo
Schüler, participou da Conferência Mundial do International
Lutheran Council (ILC)
, realizada de 13 a 16 de setembro, em Kisumu, no Quênia. Participaram também o pastor Tardelli Voss, como tradutor; o diretor do Seminário Concórdia, pastor dr. Gerson Linden, como membro do comitê de diálogo entre a
Igreja Luterana e a Igreja Católica; e outros pastores da IELB por serem presidentes das igrejas em outros países, como o Uruguai (André Müller), Paraguai (Alceu Figur), França (Gleisson Schmidt), Bélgica (Gijsbertus van Hatten) e Portugal (Adalberto
Hiller).

O primeiro encontro desde a pandemia reuniu
os líderes de 55 igrejas luteranas confessionais em todo o mundo para debater
sobre o tema: “Liturgia e cultura: como a adoração molda nossa vida juntos e
por que fazemos o que fazemos”.

Além dos assuntos administrativos
internacionais e regionais do ILC, foram analisados os principais temas comuns
às igrejas em todo o mundo, tais como ministério pastoral, culto e liturgia e
homossexualidade.

Também foram eleitos o novo presidente e
secretário do ILC. São eles: Rev. dr. Juhana Pahjola, da Finlândia (presidente)
e Rev. John Shadrack Donkoh (secretário).

Houve ainda a recepção de dois novos
membros plenos (Igreja Evangélica Luterana Cristã da Bolívia e Igreja
Evangélica Luterana da Letônia) e um associado (Igreja Evangélica Luterana do
Panamá). E acolhidos dez novos membros observadores – todos da África – desde a
última Conferência Mundial em 2018. A adesão de observadores à ILC pode ser
concedida pelo Conselho de Administração sem a necessidade de esperar até uma
conferência mundial.

“Um dos fatos marcantes da conferência é
o acentuado crescimento do luteranismo confessional no continente africano e a
expressiva participação destas igrejas no ILC”, destacou o presidente da IELB,
que dirigiu a mensagem no devocional de encerramento das atividades do dia 14
de setembro, dia da Santa Cruz, falando sobre a preciosa teologia da cruz, que
é o tema central das Sagradas Escrituras e a marca do luteranismo confessional.

 

Os novos membros observadores incluem:

Burundi: Esperança Igreja Evangélica
Luterana em Burundi (HELCB)

Burundi: Igreja Luterana na África –
Sínodo do Burundi (ELA-SBU)

East Congo: Igreja Evangélica Luterana
no Leste do Congo (CELCE)

Oriente do Quênia: Conferência
Evangélica Luterana e Ministério do Quênia (ELCMK)

C Ôte D’Ivoire: Igreja Luterana na
África – Côte d’Ivoire (ELA-SCI)

Malawi: Igreja Luterana Confessional –
Sínodo do Malawi (CLCMS)

Ruanda: Congregação Evangélica Luterana
Independente em Ruanda (IELCR)

Sudão/Sudão do Sul: Igreja Evangélica
Luterana no Sudão do Sul e Sudão (ELCSS/S)

 

Os dois membros observadores restantes
recebidos desde 2018 – na categoria de “organizações reconhecidas” – são a
Diocese do Lago Tanganyika (ELCT-LTD) e a Diocese do Sudeste do Lago Vitória
(ELCT-SELVD) da Igreja Evangélica Luterana da Tanzânia (ELCT).

 

IELB se reúne com LCMS e
igrejas parceiras na missão

 

O presidente da IELB, pastor Geraldo
Schüler, também participou de uma reunião da Lutheran Church Missouri Synod
(LCMS) e igrejas parceiras na missão. Entre os temas estudados, estavam a
visitação que os presidentes e bispos devem realizar aos pastores e
congregações que estão sob seus cuidados, os riscos e perigos da igreja
atualmente em todo o mundo e a plantação de igrejas. Ao presidente da IELB,
coube falar sobre o recrutamento e treinamento de pastores para a missão.

 

ILC aprova mais discussões ecumênicas com a Igreja
Católica

 

A Conferência Mundial do Conselho
Luterano Internacional (ILC) 2022 adotou uma resolução pedindo a continuação
das conversas ecumênicas com a Igreja Católica Romana e aprovando o relatório
final das conversas da CIT e do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade
dos Cristãos (PCPCU), que foi publicado em 2020.

A discussão do tema começou na manhã de
14 de setembro, quando os integrantes do comitê de diálogo entre as duas igrejas,
Rev. dr. Werner Klän (Alemanha), e Rev. dr. Gerson Linden (IELB, diretor do Seminário
Concórdia) relataram os resultados das discussões teológicas entre o ILC e o
PCPCU (que recentemente foi renomeado Dicastério da Promoção da Unidade dos
Cristãos). O relatório final sobre as conversas foi publicado conjuntamente em
2021 e encontrou convergências significativas entre as duas tradições em várias
áreas.

Em seu relatório para a conferência, o dr.
Klän observou a resposta positiva ao Relatório Final já vista nas igrejas da
ILC na Alemanha e Austrália, enquanto o Rev. dr. Gerson Linden também comentou
sobre sua utilidade no contexto latino-americano. O dr. Klän encorajou a
Conferência Mundial de 2022 a receber as sugestões do cardeal Koch e do presidente
da ILC, Voigt, e adotar uma resolução comprometendo-se a continuar as conversas
ecumênicas com a Igreja Católica Romana.

Essa resolução foi apresentada à
Conferência Mundial em 16 de setembro, período em que a CIT adotou a resolução
“Aprovar o Relatório do Grupo de Diálogo ILC/PCCPU e levar adiante seu
trabalho”.

Na resolução, a 27ª Conferência Mundial
da ILC observa “seu sincero agradecimento tanto aos representantes católicos
romanos quanto aos confessionais luteranos neste diálogo por seus esforços e
preparação do Relatório Final”.

“A ILC aprova o Relatório Final e apoia
a continuação de contatos e conversas em formas e formatos apropriados”,
continua.

“A 27ª Conferência Mundial da ILC
expressa a esperança de que mais trabalho teológico seja feito entre os
representantes da ILC e do PCPCU na preparação para o 500º aniversário da
Confissão de Augsburg em 2030”, continua a resolução. Para esse fim, instrui o
conselho da ILC a “começar a planejar (incluindo apropriação de fundos) para
que nosso Conselho continue esse compromisso teológico entre luteranos
confessionais e a Igreja Católica”, incentivando “um foco particular nas
questões de apostolicidade e catolicidade”.

 

Por Luana Lemke (IELBcom) e Mathew Block
(gerente de Comunicações da ILC e editor da Revista
The Canadian Lutheran)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Pastor é instalado em Sinop, MT

Mauro Scheibler irá atuar na Paróquia Emanuel

Veja também

Pastor é instalado em Sinop, MT

Mauro Scheibler irá atuar na Paróquia Emanuel

Você já reclamou de um presente dado por Deus?

“Quem vem aí?”, me perguntou uma senhora na saída do culto. Ao responder que era mais um menino, ela disse: “Ah, não!! Tinha que ser uma menina!” Quase sem acreditar no que ouvi, questionei: “Por quê? Não mesmo! Quando Deus envia o presente, a gente aceita com gratidão”.

Dores que fazem crescer

“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam” (Tg 1.12).