Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Já sou assinante!

Aguardai o Senhor

“Mas a verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados”. Este é um consolo que emana da ressurreição do Salvador Jesus, o primeiro a ter sido ressuscitado

Há um lugar encantador. Digno de um belo passeio pela serra gaúcha. E não falo do glamour de Gramado, nem de Canela. Falo da aconchegante Nova Petrópolis, RS. Cidade gaúcha com colonização alemã. Um lugar belo e encantador. Casas no estilo enxaimel, bandinha alemã, bebidas artesanais e a farta culinária comandada por apfelstrudell (torta de maçã), pretzel, cuca e linguiça.

Um belo lugar a se conhecer por lá é o Parque Aldeia do Imigrante. Dentre diversas atrações, há a aldeia histórica. É um lugar para viajar no tempo, para os antigos vilarejos dos imigrantes alemães. Ali ainda existe a casa do ferreiro, a antiga escola com classes de madeira, para sentar-se em dupla. Sem falar na casa do professor, na casa de negócios e uma bela igreja, com detalhes riquíssimos em madeira, especialmente no altar. E, claro, naquela réplica de um vilarejo de imigrantes não poderia faltar algo. Um cemitério. Creio que é apenas uma representação dele, mas com lápides reais, antiguíssimas. E, à entrada, o nome mais belo que já vi para um cemitério. “Harret des Herrn”. E, logo abaixo, sua tradução: “Aguardai o Senhor”.

Que nome profundo e belo. É um consolo. É uma confissão de fé. É uma esperança. Serve para os que já descansam e aguardam a ressurreição dos mortos.  Serve também para nós, que estamos vivos hoje, aguardando ansiosamente pela ressurreição dos nossos queridos.

A primeira carta aos Coríntios, capítulo 15, é uma leitura obrigatória para quem precisa ser consolado com a certeza da ressurreição dos mortos. Especialmente neste mês de novembro, em que o Dia de Finados nos convida a ir ao cemitério, levar flores, lembrar com carinho das histórias e dos amores que ficaram no passado. A leitura do texto acima mencionado é guiada pela certeza que o versículo 20 traz: “Mas a verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados”. Este é um consolo que emana da ressurreição do Salvador Jesus, o primeiro a ter sido ressuscitado.

Da mesma forma, a primeira carta aos Tessalonicenses é uma leitura que coloca nosso olhar na volta de Jesus e na ressurreição de todos os mortos. Um exemplo disso é o capítulo 4, versículos 16 a 18: “Porquanto, o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras”. Veja bem. “Consolai-vos”, diz a Palavra. Que consolo é aguardar o Senhor.

Diante da iminente ressurreição, aguardai o Senhor. Aguardai na fé em Cristo. Sem ele, não há salvação. Aguardai o Senhor, também os nossos queridos que partiram na mesma fé em Cristo. Logo virá a ressurreição, o novo céu e a nova terra.

Da acolhedora Nova Petrópolis, é possível levar várias lembranças. Um suvenir do labirinto verde, por exemplo. Ou algum peso a mais, denunciado pela balança, depois de um reforçado café colonial. Porém, quem visita um cemitério chamado “Aguardai o Senhor” leva consigo o reforço de que a lápide não é para sempre. Vem, Senhor Jesus!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Ovelhas geram ovelhas. Pastores apascentam ovelhas

No evangelho de João 10.11,14, Jesus é o “Bom Pastor” que apascenta e gera, espiritualmente, as ovelhas que escutam sua voz e que o conhecem e são por ele conhecidas.

Veja também

Ovelhas geram ovelhas. Pastores apascentam ovelhas

No evangelho de João 10.11,14, Jesus é o “Bom Pastor” que apascenta e gera, espiritualmente, as ovelhas que escutam sua voz e que o conhecem e são por ele conhecidas.

Cheiro de salvação

O texto de 2 Coríntios 2.14 diz assim: “como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas”.

Quem está nas trincheiras ao seu lado?

Quando a gente casa, traz uma bagagem para a vida a dois. Nesta bagagem, estão os valores aprendidos em casa, as experiências de relacionamentos anteriores, nossa profissão talvez, sonhos e desejos.