Jovens se reúnem em Teresina, PI

Dos dias 18 a 21 de fevereiro, a Juventude Cristo (JELC), de Teresina, PI, realizou um retiro espiritual com o tema “Não vos conformeis com este mundo”, baseado em Romanos 12.2. O evento contou com 25 inscritos e uma programação diversa, onde os participantes tiveram a oportunidade de mergulhar no tema através de devoções, estudo bíblico e noites temáticas.

A noite de abertura contou com devoção e dinâmica, realizadas pelos jovens Lara Silva e Samuel Alves. O domingo iniciou com o culto. Depois, o momento devocional foi realizado pelo departamento de Servas Déboras de Cristo. A programação seguiu com uma gincana esportiva e com um luau, com o tema “Transformados por Cristo”, com reflexão trazida pelo jovem Thiago Luis e pelo pastor Lindberg Alves.

A segunda-feira iniciou com devoção e dinâmicas trazidas pelo jovem Rafael Nunes, em seguida houve um momento de estudo bíblico e uma atividade prática sobre os “Padrões do Mundo x A Vontade de Deus”. Além de um momento devocional realizado pela Amanda Leitão, foram realizadas mesas-redondas, com os temas “Os desafios da adolescência cristã”, mediada pelo pastor, e “Testemunho nos ambientes profissionais e acadêmicos”, mediada por Thiago Cavalcante. O retiro ainda contou com um momento temático dos Anos 2000, com o tema “A alegria de viver em Cristo”, conduzido por Beatriz Lemos e Jhuly Emily.

No último dia, os jovens Henri Freire e Daniel Victor conduziram o momento de devoção e dinâmica. Em seguida, houve a etapa bíblica da gincana e o encerramento contou com a revelação do anjo secreto e resultado da gincana.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó

Veja também

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó

A subjetividade contemporânea do rolar a tela do celular

O Tik Tok passa a predominar e compor o mundo intrapsíquico do ser humano. E tal composição atinge milhões de pessoas, como uma espécie de hipnose pandêmica.

A dolorosa volta para casa

Após 20 ou mais dias, vítimas da enchente no RS começam a retornar aos seus lares para limpeza e reconstrução