Estamos alegres

Alegria perene vem do Senhor, que fez grandes coisas por nós (Sl 126.3). A maior delas, sem dúvida, foi através de seu querido Filho Jesus, que trocou sua alegria no céu para conhecer e sofrer a nossa tristeza com sua morte e ressureição, e nos dar alegria completa.

Alegrar-se é o grande anseio da humanidade. Para isso estudamos, fazemos carreira, trabalhamos e nos sacrificamos. Muitas vezes até perdemos o rumo na busca de alegria, e acabamos envolvidos em atitudes que não dignificam. O escritor de Eclesiastes chegou a dizer que não há nada melhor para o ser humano do que comer, beber e fazer com que a sua alma desfrute o que conseguiu do seu trabalho. Mas acabou perguntando se alguém, separado de Deus, pode comer ou alegrar-se (Ec 2.24,25).   

          Alegria perene vem do Senhor, que fez grandes coisas por nós (Sl 126.3). A maior delas, sem dúvida, foi através de seu querido Filho Jesus, que trocou sua alegria no céu para conhecer e sofrer a nossa tristeza com sua morte e ressureição, e nos dar alegria completa. Quem já sentiu o alívio de uma consciência carregada de culpa; quem, em meio ao luto, experimentou o consolo do amor de Deus; quem, vivenciando os momentos pesados da vida, se reergueu com a esperança que a Palavra de Deus proporciona, esse sabe qual é o tipo de alegria que vem do Senhor.

          Sob o lema, “Servi ao Senhor com alegria”, a LSLB (Liga de Servas Luteranas do Brasil) foi organizada em 16 de janeiro de 1957, como uma liga auxiliar da Igreja Evangélica Luterana do Brasil.  Não é intenção deste texto contar a história dessa Liga, mas é fácil para qualquer pastor que atua no campo, valorizar o trabalho das servas nas congregações, pois fazem do seu lema uma realidade viva, servindo ao Senhor com alegria. Num tempo em que se fala muito do empoderamento das mulheres, se verifica o quanto as mulheres que fizeram história no trabalho da Liga foram lideranças criativas, atuantes e protagonistas no trabalho da igreja.

          A LSLB se prepara para realizar seu 32º Congresso Nacional, nos dias 21 a 25 de janeiro de 2024, no SESC Praia Formosa, em Aracruz, ES, sob o lema: “Porque o Senhor é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade” (Sl 100.5), com destaque para o tema “De geração em geração”. Ao revisar sua história, as servas dizem as palavras do salmo 126.3: “Grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres”.

          O salmo 126 fala de uma alegria imensa pelas coisas que o Senhor tem feito. Pode ser uma referência ao cativeiro e sua libertação, mas abrange também um quadro de trabalho coroado com bênçãos. Permaneceu uma lembrança muito viva de tudo o que o Senhor proporcionou, e as pessoas da época pensavam que foi como um sonho! O povo sorria e cantava de alegria. Chego a visualizar momentos em que o pessoal reunido no Congresso fique inspirado no louvor e gratidão pelos feitos do Senhor no caminho trilhado pelas servas, passando de geração em geração a boa nova do evangelho.   

          O salmo, porém, não fica só na memória do passado. Ele se transforma

em oração para tempos difíceis. As servas podem encarar com coragem e desprendimento os desafios do presente e todas as mudanças que acontecem na vida e nos costumes da modernidade. Em tempo de crise, o povo de Deus costuma buscar encorajamento em demonstrações passadas de misericórdia divina e orar por elas desta forma: “Mostra-nos, Senhor, misericórdia como fizeste no passado”. A geração futura, ao olhar a história construída, também dirá: “Grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso estamos alegres”.

Edgar Lemke

Pastor em Porto Alegre, RS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Ovelhas geram ovelhas. Pastores apascentam ovelhas

No evangelho de João 10.11,14, Jesus é o “Bom Pastor” que apascenta e gera, espiritualmente, as ovelhas que escutam sua voz e que o conhecem e são por ele conhecidas.

Veja também

Ovelhas geram ovelhas. Pastores apascentam ovelhas

No evangelho de João 10.11,14, Jesus é o “Bom Pastor” que apascenta e gera, espiritualmente, as ovelhas que escutam sua voz e que o conhecem e são por ele conhecidas.

Cheiro de salvação

O texto de 2 Coríntios 2.14 diz assim: “como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas”.

Quem está nas trincheiras ao seu lado?

Quando a gente casa, traz uma bagagem para a vida a dois. Nesta bagagem, estão os valores aprendidos em casa, as experiências de relacionamentos anteriores, nossa profissão talvez, sonhos e desejos.