Lutero – muito além da religião

Debater Lutero e trazer Lutero e seus significados para a vida nos dias de hoje é o objetivo principal que norteou essa produção, edição e disponibilização de conteúdos que hoje são consolidados em textos, filmes, imagens, cards, jogos de perguntas e respostas. Tudo devidamente incorporado aos portais das duas Igrejas – Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB) e Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) – e disponíveis para embasar estudos, pesquisas e debates.

A ideia desde o princípio deste projeto, era levar o debate sobre Lutero e a Reforma Protestante para fora dos “muros das Igrejas”. Esta pretensão tinha como base a importância evidente da Reforma Protestante na história universal.

Quando Lutero contesta a Igreja Católica e a venda de indulgências, ele pratica mais do que um ato de coragem. Ele questiona fortemente o status quo e ajuda a acelerar a roda da história no sentido de uma visão mais humanista e liberta dos ditames eclesiásticos. Quando Lutero afirma que todos podem ter uma relação direta com Deus, ele auxilia decisivamente a consolidar a liberdade de escolha religiosa. E, obviamente, o livre arbítrio no tocante às coisas terrenas. Quando Lutero se utiliza de um novo “aplicativo” que havia surgido anos antes – a prensa de Gutenberg – para disseminar suas ideias em forma de textos e livros, ele trilha um caminho que será, mais tarde, decisivo para dar voz e alternativas de comunicação a todos os grandes movimentos que conformaram nosso mundo como ele é hoje. Quando Lutero inverte a lógica do debate vigente à época ao afirmar que a ética deveria ter um olhar para a terra e para nós que a habitamos – e não para o céu – ele afirma um pensar onde nossas práticas concretas é que dignificam e dão sentido às nossas vidas. Quando Lutero traz à luz a discussão sobre a importância da juventude, ele impulsiona uma série de iniciativas públicas e privadas que fazem crescer a importância da educação para todos, independentemente do apelo religioso, da condição social, econômica ou de gênero. Quando Lutero qualifica todo o trabalho humano como digno e valoroso, ele é decisivo para dar importância ao nascente mundo do trabalho. Quando Lutero abre espaços de participação para as mulheres na Igreja, ele é determinante para a quebra de tabus e para o reconhecimento do papel decisivo das mulheres nas nossas sociedades.

O longo parágrafo anterior justifica porque a Reforma Protestante tem reflexos até hoje e influencia nossas vidas e nossos comportamentos de forma tão efetiva. Nesse sentido, a discussão sobre Lutero e seu movimento não pode e não deve ficar restrita a uma questão religiosa. Os organizadores Paulo Heineck e Werner Schünemann buscaram uma roupagem mais atual, criando conteúdos que possam dialogar com mais largas faixas de público. Que possa auxiliar a todos na compreensão de que somos o que somos também porque houve Lutero e a Reforma Protestante.

Não procure neste livro, entretanto, um debate profundo. Ou longos e minuciosos detalhamentos de cada um dos temas aqui abordados. Este texto tem um objetivo diverso: contribuir para que a vida e a obra de Lutero e a Reforma Protestante sejam discutidas, lidas e abordadas em todos os espaços públicos possíveis.

AUTOR: Daiane Pires

ORGANIZADORES: Paulo Heineck – Werner Schünemann

FORMATO: 16,5 x 23 cm

NÚMERO DE PÁGINAS: 136

Adquira aqui.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Veja também

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Missão Feliz, RS, completa 8 anos

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes

Setenta anos, a Igreja em missão em Baixo Guandu, ES

Congregação Da Paz celebrou culto festivo no dia 14 de abril