Mensageiro Luterano de julho de 2020

A edição de julho do Mensageiro Luterano chega recheada de temas importantes no contexto atual. Entre tantos assuntos importantes, temos racismo, os profissionais que trabalham por todos nós em meio à pandemia, o direito à liberdade de pensamento. Também temos a doce e querida relação entre avós e netos, entre amigos e com o melhor e maior amigo de todos: Jesus. Aproveite! Leia, divulgue, compartilhe.

ESTA É ÚLTIMA EDIÇÃO DA REVISTA DIGITAL DISPONÍVEL GRATUITAMENTE DURANTE A QUARENTENA.

Memórias e reflexões dos avós em tempos de isolamento

Vilson e Maria Terezinha Regina falam sobre sua vida, relembram memórias com os seus avós e falam da relação doce e amorosa com seus netos. Eles refletem: Há situações muito desconfortáveis, mas também há muita criatividade e novas formas de relacionamento que vieram para ficar.

Racismo – Na cor da pele e no fundo do coração

O racismo é uma moléstia da sociedade que infecta todos os ambientes. Sem perceber, nosso linguajar e atitudes podem estar contaminados com palavras racistas. Esse problema tem raízes naquilo que tentamos sufocar com o “joelho” da memória: nossa perversa natureza humana.

Consolo em tempos de aflição

Entre as muitas formas como Lutero é apresentado para nós, através de seus escritos, chama a atenção sua linguagem consoladora quando escreve sobre sofrimento e morte.

O amigo que não cansa de voltar

Se o principal ingrediente de toda boa relação é o amor, é certo que podemos amar, porque ele nos amou primeiro (1Jo 4.19). E, da mesma forma que Cristo é para nós um grande amigo, podemos nos espelhar nele para desenvolvermos amizades verdadeiras com outras pessoas.

Eles trabalham por todos nós

A Covid-19 chegou ao Brasil e com ela muitos problemas. É ainda mais difícil enfrentar isso quando se está na linha de frente no tratamento da doença ou quando não se tem a opção de parar.

O direito à liberdade de pensamento

Se alguém se deixou convencer pelos modismos que andam por aí, siga seu caminho, mas respeite os que preferem viver e pensar do modo tradicional. Mas lembrem-se de que todos teremos que prestar contas a Deus.

Mensageiro Luterano das crianças

E para as crianças, a história de Isaque. Assim como seu pai, Abraão, Isaque teve muita confiança em Deus, e, por isso, é citado no livro de Hebreus como um herói da fé para sua família e também para nós.

Leia o Mensageiro Luterano aqui

Assine o Mensageiro Luterano aqui

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Convite à igreja

Assista ao vídeo da presidente da JELB, Dagmara Abigail Figur, e do presidente da IELB, pastor Geraldo Schüler, convidando toda a...

Veja também

Convite à igreja

Assista ao vídeo da presidente da JELB, Dagmara Abigail...

Jó, em meio a desastres naturais

Uma reflexão sobre sofrimento, esperança e superação dos maus conselhos em tempos de sofrimento!

Fé e imigração

Em termos de igreja – IELB, os primeiros missionários vieram dos Estados Unidos, em 1900, para atender primeiramente os imigrantes alemães.