Que fé há no seu coração?

Qual é a crença que há no seu coração? Afinal, como brasileiros, somos o povo com o maior índice de crença no mundo. É isso que revela a pesquisa Global Religion 2023. Os dados são de que 89% dos brasileiros refugiam seu coração em alguma crença que envolva um ser superior. A média mundial está em 61%. Por outro lado, os japoneses possuem a menor taxa, com apenas 19% de sua população afirmando que crê em algo.

Nosso país tem proporções continentais. Não só em geografia, costumes e culturas. Mas também em crenças. Dos brasileiros que afirmam ser cristãos, na pesquisa acima, cerca de 70% identificam-se como cristãos, mas com ressalvas. Muitos desses estão com um pé no cristianismo e outro no espiritismo ou em religiões da cultura africana. Aliás, engana-se quem acha que é tudo a mesma coisa. E, de acordo com os pesquisados, apenas metade dos brasileiros que afirmam ser cristãos frequentam o templo de sua denominação, ao menos, uma vez ao mês.

No meio desse retrato que essa pesquisa nos apresenta, qual é a crença que está no seu coração? Uma miscelânea de crendices e superstições? Uma fé vaga e abstrata em algum ser superior distante? Ou, quem sabe, um crer conforme o ateísmo, que tem fé de que não existe nada além do que temos aqui e agora?

Neste final de semana, os cristãos celebram o domingo da Santíssima Trindade. Eis uma excelente oportunidade para afirmar qual é a fé que pulsa no coração de um cristão luterano. Cremos, ensinamos e confessamos um Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo – fórmula trinitária que Jesus nos apresentou em Mateus 28.19. E sob essa lente apreciamos a Escritura, de Gênesis a Apocalipse, observando a ação da Santíssima Trindade do princípio até o novo céu e a nova terra.

Quando o crer tem por conteúdo esse Deus Triúno, o coração é blindado contra essa mistura religiosa que é tão característica do nosso amado Brasil. Não há como servir a dois senhores.

Então fica a dica: “Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês!” (2Co 13.13).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Veja também

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Missão Feliz, RS, completa 8 anos

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes

Setenta anos, a Igreja em missão em Baixo Guandu, ES

Congregação Da Paz celebrou culto festivo no dia 14 de abril