ALAS recebe título de Utilidade Pública em Vitória, ES

No dia 24 de setembro, a Associação Luterana de Assistência Social (ALAS) recebeu o título de Utilidade Pública Estadual em Vitória, ES. O cerimonial cívico e religioso foi realizado na Congregação Evangélica Luterana Redentor, com a presença
do deputado estadual Adilson Espindula, autoridades eclesiásticas, filantrópicas e governamentais. 

Devido à pandemia, o evento teve a restrição de pessoas no local e foi transmitido pela página do Facebook da ALAS (assista aqui). Segundo o capelão da ALAS,
pastor Danilo Fach, a Utilidade Pública Estadual significa muito para a ALAS e a IELB. “É um processo longo de pesquisa, esforço, trabalho, investimento e programa de ação social. E a Utilidade Pública é o reconhecimento pelo Estado que a instituição
é capaz de administrar com competência, honestidade, transparência e fidelidade às demandas e seus recursos sociais, financeiros e patrimoniais”, afirma o pastor Danilo. 

A ALAS tem por objetivo promover a proteção à família, maternidade, infância, adolescência, velhice e às pessoas portadoras de deficiência e promover a assistência gratuita a saúde e educação, através de suas ações e projetos sociais. São eles:

– Casa de Apoio Bom Samaritano;

– Capelania Hospitalar;

– Acreditar e Creditar;

Conheça mais sobre o trabalho da ALAS aqui

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Nossa oração mudou

   ”Deus, abençoe as pessoas pobres e ricas que perderam tudo na enchente. Que elas consigam o que vestir, o que comer e uma casa para morar”

Veja também

Nossa oração mudou

   ”Deus, abençoe as pessoas pobres e ricas que perderam tudo na enchente. Que elas consigam o que vestir, o que comer e uma casa para morar”

ANEL participa de Congresso Nacional de Escolas Luteranas da Argentina

Presidente Marlus Seling, diretor-executivo Nelci Senger e vice-presidente de Ensino da IELB, Joel Muller, representaram o Brasil no evento que reuniu mais de 300 participantes

O surgimento de uma tradição cristã

Participaram das aulas 19 alunos de diversos lugares do Brasil e do continente americano, tais como Canadá, México, Venezuela e Paraguai.