Em meio à pandemia, missão em Moçambique continua

Neste momento em que todas as pessoas estão unidas para evitar a proliferação do coronavírus, os pastores da Igreja Cristã da Concórdia de Moçambique (ICCM) continuam sendo sal e luz em solo africano. Sob orientação do coordenador da missão em Moçambique, Rev. Dr. Carlos Walter Winterle, os pastores da ICCM estão levando a Palavra de Deus e realizando o Santo Batismo a pessoas que ainda não foram batizados.

Seguindo as orientações da suspensão temporária das atividades da igreja nos templos, incluindo cultos, os pastores estão atuando de porta em porta, e de família em família, levando a Palavra, a oração e o Santo Batismo aos membros da igreja. Até o momento, foram percorridos três comunidades (C.L de M’bweza, C.L de Khanako e C.L de Galau) acompanhados do presidente interino da ICCM, Rev. Rui Jalene Sousa, realizando o Santo Batismo para cerca de 80 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Todos os domingos, o Rev. Jambo, atende os membros da Comunidade Luterana São Paulo, de Sena.

O vice-presidente de Ação Social da IELB, pastor Airton S. Schroeder, destaca que pastores da IELB que atuaram na região norte do país, ou mesmo nos primórdios do luteranismo entre imigrantes, com certeza têm histórias para nos contar sobre distâncias, dificuldades e resistência no trabalho pastoral. “Dedicamos nossos votos de louvor e admiração ao trabalho dos irmãos pastores de Moçambique. Novos tempos exigem novas posturas e novas práticas. A coragem e a persistência ao lado da precaução e prevenção, tem sido muito abençoados por Deus”, concluiu o pastor Airton.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Veja também

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Missão Feliz, RS, completa 8 anos

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes

Setenta anos, a Igreja em missão em Baixo Guandu, ES

Congregação Da Paz celebrou culto festivo no dia 14 de abril