Editora Concórdia completa 100 anos

Daiene Bauer Kühl e Luana Lemke

Equipe Editorial

100 anos de história… Você já parou para pensar em quantas pessoas passaram pela
Editora Concórdia nesse tempo? Funcionários, colaboradores, clientes, amigos.
Foram muitas pessoas impactadas de alguma forma por esta empresa centenária. E
quantos livros e outros materiais foram publicados? Infelizmente não temos
registro de tudo para contabilizar. Mas, sem dúvida alguma, foram milhares de
páginas, que alimentaram espiritualmente um número incontável de pessoas. 100
anos de grandes desafios, sendo bênção na vida de muitos cristãos e recebendo
grandes bênçãos do mantenedor de todas as coisas.

Nesses anos todos ela mudou de nome, mudou de local, mudaram as pessoas, mas o objetivo de levar a Palavrade Deus para o mundo através da literatura de qualidade não mudou. A Editora Concórdia, com suas marcas e seu modelo de gestão, quer ser o braço estratégico e organizacional da Igreja Evangélica Luterana do Brasil e, através da geração de conteúdo de valor cristão e teológico, quer suprir as necessidades do povo de Deus, dentro e fora do ambiente luterano.

A Editora Concórdia foi criada em 1923 com a missão de produzir e comercializar materiais que atendessem às necessidades das pessoas com vistas à sua integração e acolhimento no amor de Deus. A Editora nasceu e quer ser sempre um referencial na produção e divulgação de material para formação, informação, pesquisa, adoração e edificação cristã.

Para isso, partindo da base teológica da Reforma da igreja, liderada por Martinho Lutero, procura colocar à disposição conteúdos fundamentados na Palavra de Deus e contextualizados à realidade dos dias atuais.

História

A Editora Concórdia nasceu de uma agência de livros que funcionava na casa de seu gerente, professor Gustav Rauter. Ela surgiu para atender ao Seminário Concórdia e também à IELB com publicações e revenda de materiais e livros que vinham da Igreja Luterana de Missouri – LCMS, nos Estados Unidos. Por isso também seu nome. Por causa do Seminário Concórdia.

Em abril de 1923, em reunião realizada por ocasião da Conferência Pastoral do
Distrito Porto-Alegrense, foi fundada uma “Sociedade Tipográfica por Ações”,
com 24 fundadores. A primeira medida foi comprar um prédio na Rua São Pedro, e,
nos fundos do terreno, foi construída uma meia-água de madeira para a moradia
do gerente, sr. Guilherme Goerl. As máquinas e material gráfico existente foram
instalados no prédio adquirido que foi também reformado para instalar uma
livraria e bazar. A esposa do sr. Guilherme, dona Teodora Goerl, quando a
livraria abriu suas portas, em 13 de agosto de 1923, passou a cuidar voluntariamente
da parte comercial da mesma, dividindo essas atividades com as de dona de casa.

Desde o início, houve problema para registro da empresa, uma vez que, para serem
acionistas da “Sociedade Anônima Tipográfica”, os subscritores deveriam ser
membros da igreja. Mas essa exclusividade não era permitida pela legislação
vigente. Levou mais de dois anos para a pendência ser resolvida, e então a
empresa foi registrada na Junta Comercial como firma individual “Guilherme
Goerl”, que usava o nome fantasia de Casa Publicadora Concórdia. Porém, era
amplamente conhecida como “Livraria Concórdia”.

As publicações eram impressas por terceiros e finalizadas (pajeadas, capeadas e
encadernadas) na Concórdia. Em 1926, foram adquiridas as primeiras impressoras
e “uma máquina de composição” (linotype). A Concórdia começou a imprimir
livros, periódicos e folhetos para a igreja em volume maior. Ao mesmo tempo
imprimia e produzia serviços comerciais para terceiros, como forma de subsidiar
as publicações da igreja. O primeiro livro impresso foi o Catecismo Menor.

Durante a Segunda Guerra Mundial, os livros em língua alemã, que eram a maioria, foram confiscados e destruídos, acelerando a produção de literatura em língua portuguesa.

Enchente causa grandes prejuízos

Em 1941, atingida por uma enchente, a Editora Concórdia teve
grandes prejuízos, em mercadorias, maquinários e instalações. O prédio
existente teve que ser demolido e construído um novo. Para amenizar os
prejuízos, recebeu um auxílio da IELB em troca do qual comprometeu-se a reduzir
ainda mais o preço das publicações. Dos Estados Unidos veio um auxílio, em
forma de empréstimo, a ser devolvido com juros e em dólares. Em 1948 houve um
novo empréstimo, em condições semelhantes, o qual permitiu construir a
“livraria nova” com tipografia, encadernação e depósitos. Em 1962, os Estados
Unidos fizeram novo empréstimo para a compra de máquinas, nas mesmas condições.
Todos os empréstimos foram pagos nas condições pactuadas.

A Editora Concórdia teve seu auge em termos de expansão material
com o nome de Concórdia Artes Gráficas e Embalagens Ltda. Foi um dos maiores
parques gráficos do sul do país na década de 1970. Devido a uma série de
fatores, principalmente econômicos, o parque gráfico foi desativado
completamente.

A firma individual alterou sua razão social na década de 1950 para Casa
Publicadora Concórdia Ltda e, posteriormente, para Casa Publicadora S/A, e a
partir de 14 de abril de 1983, passou a se chamar Concórdia Editora, agora
integralmente voltada aos interesses de produção e divulgação literária da igreja.

Em setembro de 2004 resolveu-se investir na marca Editora Concórdia (e não mais
Concórdia Editora).

Feira do Livro de Porto Alegre

Em 2008 foi o primeiro registro fotográfico de participações da Editora Concórdia
na Feira do Livro de Porto Alegre, RS. A presença da Editora no evento através
de sua banca e com os autores autografando seus livros, tornou-se um marco para
a empresa. Porto Alegre sedia o que é considerado o mais
antigo evento literário do Brasil. Realizada anualmente, constitui-se na maior
feira de livros a céu aberto na América Latina. Em algumas edições, a
Editora Concórdia foi a única livraria do segmento religioso presente no evento.

Editora Concórdia entra na era digital

No ano em que completou 90 anos de atividades, em 2013, a Editora
Concórdia lançou seu primeiro livro digital. O livro Apocalipse, 2ª edição, de Johannes Rottmann, foi o escolhido pela Editora Concórdia para marcar a sua entrada no mundo dos ebooks, em formato ePub.

Nova sede

A Editora Concórdia inaugurou sua nova sede na Avenida Pátria, 466, em Porto
Alegre em 29 de outubro de 2015. Após mais de 90 anos atendendo na
Avenida São Pedro, esse foi um importante passo para a Editora Concórdia, visto
que o antigo imóvel apresentava problemas estruturais.

Novas marcas

A Editora Concórdia lançou, no dia 13 de janeiro de 2020, durante o Congresso Nacional da Liga de Servas Luteranas do Brasil (LSLB), em Foz do Iguaçu, PR, a marca Criança Cristã.

Focada no cumprimento da missão “Deixem que as crianças venham a mim, e não proíbam que elas façam isso” (Mt 19.14a NTLH) e “Eduque a criança no caminho em que deve andar” (Pv 22.6a NTLH), Criança Cristã desenvolve materiais edificantes e atraentes com conteúdo cristão para crianças.

A marca tem como objetivo contribuir com o crescimento espiritual dos pequenos de três formas: produtos infantis lúdicos e recreativos, recursos didáticos e materiais de conteúdo.

Criança Cristã conta com produtos e materiais que trazem informação, alegria e diversão aos pequenos, proporcionando crescimento espiritual, fé, conhecimento bíblico e estímulo à vida com valores ensinados por Jesus.

O selo Ao Leitor, lançado no dia 12 de novembro de 2021, tem como objetivo conversar com o leitor sobre temas diversos que envolvem a vida do cristão. Ao Leitor quer chegar ao coração e à mente dos leitores e forma objetiva e prática e transmitir conhecimento e informação a quem busca respostas sobre assuntos do cotidiano.

A nova marca da Editora Concórdia, focada no indivíduo e suas necessidades humanas, sociais e espirituais, traz livros já lançados e inéditos, de diferentes autores, nos mais variados temas. Os fundamentos da fé, do amor e da ética cristã, são os valores que Ao Leitor quer compartilhar com os seus leitores.

“Rendemos glórias a Deus pela Editora Concórdia. São 100 anos publicando a Palavra que permanece para sempre. Somos gratos por fazer parte dessa história!”

Equipe Editora Concórdia

Depoimentos

GUIDO GORL

Recebi o chamado para trabalhar na editoração de toda literatura, fiquei 13 anos, desde 1966 até o fechamento da gráfica. Desci do púlpito (era pastor em BH) e entrei numa tipografia. Penso que cumpri o meu ministério.

A Editora tem a sublime missão de lançar livros ao seu público. Tem feito isso desde o princípio, quando lançou o Catecismo Menor e Histórias Bíblicas, os fundamentos da doutrina luterana. Outros livros se seguiram, todos instruindo. Com o tempo, a Editora foi se modernizando. A literatura sempre será imprescindível. Agradecemos a Deus por ter possibilitado manter a editoração. Rogo a Deus que abençoe a Editora e que ela continue a levar a mensagem da salvação através da literatura.

CÉLIA MARIZE BUNDCHEN
(distribuidora em Balneário Camboriú, SC)

Neste ano em que a Editora Concórdia completa 100 anos de atividades, quero destacar a sua importância. Sua função de divulgação da Palavra de Deus é um compromisso com Deus. Publicar e divulgar a Palavra são ações importantes para as pessoas, e, nesse sentido, são instrumentos para a ação de Deus. Pois o Espírito Santo age no coração das pessoas através de sua Palavra. Não sabemos o alcance dessa divulgação, mas sabemos que Deus a usa.
Parabéns, Editora. Faço parte desta equipe, sendo a primeira distribuidora na região Missioneira e Noroeste do Rio Grande do Sul. Agora, em Santa Catarina, nos Distritos Leste e Vale do Itajaí. Enraizados em Cristo, vamos continuar levando Cristo para todos.

WALTER EIDAM

Trabalhei 13 anos na Editora, e quando a gente ama, a gente cuida. Amo a Concórdia, e, por isso, procurei cuidar bem dela. O Programa de Qualidade Concórdia (PQC) foi implantado na nossa gestão, e a missão é: formar e informar para uma vida feliz. A Concórdia, com essa missão, trabalhou com muito amor para chegar a todos os lares luteranos. Chegamos à distribuição de
22 mil livretes do PEM e 45 mil Castelo Forte em um ano. Esses números demostram o quanto é útil para a IELB ter uma Editora forte. A produção de material pela Editora ajuda a igreja na unidade. 100 anos de muitas bênçãos.
Parabéns à Concórdia e à IELB por ter uma Editora fiel à sua missão.

LIANETE SCHNEIDER

Trabalho na Editora Concórdia há 40 anos, mais da metade da minha vida. Namorei, casei e tive minhas filhas nesses longos 40 anos. Muita coisa linda passamos, muitas viagens a trabalho nos congressos nesse imenso Brasil, momentos de que tenho saudades. Muitos amigos que levo no coração para sempre. Momentos de ansiedade e também tristeza, quando fizemos a mudança da Av.São Pedro para o endereço atual, na Av. Pátria. Muitas histórias, e sempre gratidão a Deus por tudo e todos. Peço, a cada novo dia, que Deus abençoe a Editora Concórdia para que a Palavra siga sendo pregada e levada a toda
criatura através de cada livro e revista que é impressa. Gratidão, sempre!

LOCI MARINÊS NARCIZO
GOBETTI (presidente da LSLB)

A Liga de Servas Luteranas do Brasil tem encontrado na Editora Concórdia uma aliada fundamental no fortalecimento de sua missão de levar Cristo para todos! Juntas, lançam obras que contribuem para o fortalecimento da fé, crescimento espiritual, expansão missionária, preservação da história.

Que essa parceria continue a fortalecer, inspirar e a impactar positivamente a vida de muitas mulheres luteranas engajadas na obra de Deus, valorizando sua atuação na igreja e na sociedade, no propósito de servir ao Senhor com muita alegria.

Parabéns, Editora Concórdia, pelos 100 anos de vida!

DAGMARA ABIGAIL FIGUR
(presidente da JELB)

É com grande prazer e alegria que a Juventude Evangélica Luterana do Brasil parabeniza a Editoria Concórdia pelos 100 anos de caminhada.

Da mesma forma, louvamos ao nosso Deus, porque durante todo este tempo a Editora vem sendo uma grande bênção na história da igreja, sendo instrumento da propagação da Palavra e edificação espiritual por meio dos diversos materiais doutrinários e evangelísticos.

Somos gratos pelo cuidado e carinho dispensados a nós, jovens, e pela preocupação em sempre produzir literaturas focadas ao nosso público, e, assim, nos auxiliando em nossa educação cristã. Além disso, vale ressaltar a parceria firmada ao conceder à JELB um espaço de informação da liga no Mensageiro Luterano, mostrando a importância da união da grande
família da fé que somos.

Ricas bênçãos de Deus a este lindo trabalho!

IVES MOLLER
(presidente da LLLB)

Parece que ela sempre esteve ali: não sei se foram os encartes infantis, ou o devocionário Castelo Forte, ou a coleção de
livros na biblioteca do meu avô, mas a Concórdia sempre fez parte de minha vida. E depois de enviar inúmeras cartinhas para o Mensageiro Mirim, antes dos 20 anos realizei um sonho e uma meta, ao ter meu primeiro artigo publicado na
famosa revista. Hoje represento uma grande instituição, a LLLB, e escrever para o Mensageiro ainda é um momento mágico, além de sentir grande ansiedade do público ao ver nossas participações em eventos pelo Brasil impressas na
revista. O Mensageiro não é apenas parte de nossa história – é parte de nossa essência!

JULIANO SCHNEIDER
BELZ (presidente do CD)

Por diversas vezes já me peguei, ao falar da Editora Concórdia, pensando em nossos antepassados que idealizaram, planejaram e fundaram a Editora. Quantos anseios, medos, inseguranças esses grandes homens, e, acredito que também mulheres, tiveram. Mas acredito que uma certeza esses irmãos tiveram, que a Editora Concórdia seria uma grande bênção para a IELB.

Hoje também temos medos, inseguranças, anseios, e a certeza
continua a mesma, que ela é e sempre será uma grande bênção pra IELB. Temos
vivido tempos difíceis no mercado editorial, o que nos faz sempre buscar um
modelo de gestão eficiente, mas os desafios são muitos.

Assim como nossos antepassados ousaram fundar a Editora Concórdia, hoje nós temos o desafio de torná-la cada vez mais forte para que possa caminhar a passos largos rumo ao seu bicentenário, sendo uma grande bênção, e o nosso papel é muito simples, precisamos divulgar e, especialmente, comprar os produtos que atendem a toda família.

Precisamos garantir que a Editora Concórdia sobreviva e seja, assim como para você, para mim e para as futuras gerações, uma grande bênção!

Parabéns, Editora Concórdia, e muito obrigado aos atuais
colaboradores e aos que já passaram por lá!

Rumo ao bicentenário!

ASTOMIRO ROMAIS (professor,
jornalista, ex-editor da Editora)

Quando passo diante do velho prédio da Av. São Pedro, que
foi sede da Editora Concórdia por décadas, sinto uma vontade incontida de
entrar para resgatar dali ainda alguma página da minha imaginação. Foi ali que
aprendi as primeiras lições de edição e de amor ao livro, paixão essa que
acabaria me abraçando e caminhando comigo pelo resto da vida. Na Concórdia,
hoje centenária, eu, jovem, conheci pessoas que me ensinaram muito: Leopoldo
Heimann, Nilo Figur, Ricardo Bötcher, para citar alguns dos meus diretores.
Colegas de trabalho, tantos, que semearam bondades e afetos em mim. Vivemos ali
o tempo quase medieval da máquina de escrever, da editoração feita com
página-guia, régua de paicas e bastão de cola.

A Concórdia sempre foi obstinada em ser braço de apoio ao
trabalho da igreja, provendo literatura em todas as suas áreas de atuação. Com
cem anos de existência, sabemos ser essa ainda a sua missão. No Antigo Egito,
as bibliotecas eram chamadas de “tesouro dos remédios da alma”, por nelas se
curar a ignorância – a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as
outras. Sendo a biblioteca o “tesouro dos remédios”, a Editora é o laboratório
de produção e manipulação desses medicamentos da alma. PARABÉNS, em
negrito e caixa alta, pelos 100 anos da Concórdia. É imenso o orgulho que sinto
por ter andado um bom trecho nas suas sandálias e agradecido por fazer parte da
sua história.

WALDEMAR GARCIA JR.

A Editora entra na minha vida através do ML, depois do Catecismo
Menor
, que tenho até hoje. Aprendi muito nas publicações da Editora. Lembro
que conheci todo material da Editora através da visita de um casal que a
representava, e que expôs todo o seu material na nossa Congregação São Paulo,
de Guarapuava, PR. Primeiro livro que comprei: Assim como vos amei. Como
seminarista, pude aprofundar meu conhecimento da história e da doutrina luteranas
através dos livros publicados pela Concórdia. Quem publicaria tais materiais
senão a Concórdia? Além disso, os devocionários distribuídos pela Editora me
edificaram e edificam diariamente. Pude servir oito anos como funcionário da
mesma. Vi o quanto relevante e fundamental é para nossa igreja ter uma casa que
publica nossa doutrina. Cada vez são mais raras as editoras que tocam sua
produção em material teológico confessional luterano. Em língua portuguesa, só
a nossa. Vivendo as dificuldades de uma editora, percebo o quanto somos
abençoados por ter uma. Vidas edificadas. Pastores formados. A Palavra sendo
compartilhada. Deus seja louvado pela Editora Concórdia e por todos que ali
serviram e servem nesses 100 anos.

PASTOR GERALDO W.
SCHÜLER (presidente da IELB)

A maior bênção que eu recebi na minha vida foi ter sido
alcançado pela preciosa graça de Deus. Sou imensamente grato porque esta preciosa
graça foi trazida a mim, aos meus familiares e aos meus irmãos na fé. Nada se
compara à preciosa graça de Deus, a qual nos é dada em Cristo Jesus e nos
assegura vida em abundância aqui neste mundo e vida plena e eterna no céu.

A Editora Concórdia, nestes 100 anos de história, tem sido
uma preciosa ferramenta nas mãos de nosso bondoso Deus para que esta preciosa
graça chegasse, de forma cristalina, aos meus antepassados, a mim e à atual
geração e às gerações vindouras.

Por isso, a minha e a nossa gratidão a Deus e à igreja pela Editora Concórdia!

GERSON LINDEN – DIRETOR DO SEMINÁRIO CONCÓRDIA

A importância da Editora Concórdia está diretamente ligada àquela que é uma das
razões de existir um “Sínodo”, um conjunto de congregações que, no caso da
IELB, se caracterizam pela completa subscrição às Confissões Luteranas. E esta
razão é a de produzir material teológico, devocional e de orientação espiritual
para a edificação do povo de Deus e testemunho para os que ainda não creem no
Salvador Jesus Cristo. Unimo-nos com irmãos de diversas localidades, todos nós
em alguma congregação da IELB, para atuar na missão no país e no mundo, algo
que não conseguimos realizar sozinhos, mantemos um Seminário para preparar os
pastores e diáconos, o que individualmente não conseguiríamos fazer, e
produzimos o material teológico, devocional e de orientação cristã que cada um
de nós e cada uma das congregações não teria condições de produzir. Assim, a
Editora Concórdia é a união dos esforços das congregações da Igreja Evangélica
Luterana do Brasil na produção de material que expressa nossa confissão de fé e
vida sob a Palavra de Deus. É parte fundamental da missão que temos como povo
de Deus.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Veja também

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Enchente no RS provoca mudanças no Simpósio de Missão

Programação do Seminário Concórdia será reduzida e online. Inscrições podem ser feitas até o dia 21 de junho

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase