Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Já sou assinante!

Quem é este?

O desafio dos pastores de Belém e dos magos era ter coragem e fé para deixar tudo de lado e ir adorar a Jesus. O nosso desafio é colocar a Cristo, sua Palavra, oração e igreja em primeiro lugar em nossa vida e confiar que tudo o mais Deus nos abençoará a seu modo e a seu tempo.

Renato Stadler
Pastor Conselheiro
www.lllb.org.br

             Era mais uma noite no deserto. Homens, leigos, estavam em seus afazeres de cuidar das ovelhas para que nenhum animal feroz as devorassem ou ladrões as roubassem. Lucas 2.9-14 diz assim: “E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor. O anjo, porém, lhes disse: ‘Não tenham medo! Estou aqui para lhes trazer boa-nova de grande alegria, que será para todo o povo: é que hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor.”

              Esses homens ficaram tão maravilhados com o que viram e ouviram que deixaram as ovelhas e foram correndo até Belém para ver e adorar o Filho de Deus, o Messias, o Salvador.

              Quem é este que faz homens, leigos, abandonarem sua segurança e seu conforto para adorá-lo? Quem é este que arrasta multidões atrás de si? Quem é este que cura as almas atormentadas pelo pecado e a condenação eterna? Quem é este que foi prometido a Abraão dois mil anos antes de nascer e foi aguardado por gerações até o momento certo de vir ao mundo? Quem é este que, após dois mil anos, ainda é celebrado o seu nascimento no Natal?

             Este é aquele que, no princípio, criou todas as coisas e, sem o qual, nada do que foi feito se fez (Jo 1.1,3)! Este é a vida e a luz dos seres humanos (Jo 1.4)!  Este é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu Ser (Hb 1.3)!  Este é o que sustenta todas as coisas por sua palavra poderosa (Hb 1.3)! Este é o que, depois de ter concluído a salvação da humanidade, assentou-se à direita de Deus Pai (Hb 1.3)!  Este é o autor da vida, o criador do mundo, o pão da vida, a luz do mundo, a porta da salvação, o bom pastor, a ressurreição e a vida, o caminho, a verdade, a videira verdadeira! Este bebê que nasceu em Belém é o Emanuel, que quer dizer: Deus está conosco! Ele é o meu e o seu Senhor e Salvador!

              Nós, homens luteranos, temos o privilégio e a alegria de conhecermos e crermos no Filho de Deus que se tornou nosso Senhor e Salvador. Podemos adorá-lo não somente no Natal, mas todos os dias de nossa vida na meditação da sua Palavra, na oração e na participação ativa em nossas congregações e ligas!  Imitando os pastores de Belém e os magos do oriente, não tenhamos a menor dúvida de sempre deixar tudo de lado e ir adorar e servir aquele que sofreu pelos nossos pecados, morreu na cruz e ressuscitou para a nossa salvação!

             O desafio dos pastores de Belém e dos magos era ter coragem e fé para deixar tudo de lado e ir adorar a Jesus. O nosso desafio é colocar a Cristo, sua Palavra, oração e igreja em primeiro lugar em nossa vida e confiar que tudo o mais Deus nos abençoará a seu modo e a seu tempo.

              Vamos celebrar o Natal de Jesus com alegria a gratidão, e, no ano novo, vamos nos unir nas reuniões de leigos, nos congressos distritais, nos projetos da LLLB e nos organizar para que, em 2025, estejamos juntos no Congresso Nacional, em Salvador, na Bahia.  Que este Jesus, nosso Senhor e Salvador, dê para você e sua família um feliz e abençoado Natal e ano novo. Amém!  

Acesse aqui a versão impressa.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó