Congresso reúne cerca de 500 pessoas

O X Congresso Paranaense de Leigos Luteranos e o 35º Congresso Distrital da Liga de Leigos Luteranos Lago Itaipu (LLLLI) foram realizados em conjunto, de 19 a 21 de agosto, na Congregação Cristo, de Marechal Cândido Rondon, PR. Participaram do evento 496 pessoas, de 34 congregações das 12 paróquias do Distrito Lago Itaipu.

Durante o congresso foram proferidas as palestras: “O exercício do sacerdócio cristão no lar”, com o pastor Elvio Nei Figur, e “O desafio do leigo em anunciar os atos poderosos de Deus”, com o pastor Jackson Luis Knies.

Também foram realizadas devoções, conduzidas por leigos e pastores, com os temas: “Na comunhão oramos e compartilhamos com Cristo para todos”, dirigida pelo pastor Jonas Roberto Schulz; “Firmados…firmes… mas… até quando?”, com o pastor Jair Krack; e “O Deserto é passageiro”, com o pastor Daniel Ricardo Maron.

Os cultos durante o congresso foram oficiados pelos pastores Jackson Luis Knies e Nérison Grützmann Vorpagel com a mensagem “Sacerdotes do Rei”, e com os pastores Rev. Davi Bischoff e Rev. Cleudimar Robeson Wulff com a mensagem “Jesus a porta estreita”. As ofertas levantadas durante o culto do dia 19 foram destinadas integralmente para LLLLI para a formação de pastores.

O rodízio de distritos que vão realizar os próximos congressos também já foi definido. Entre as pautas, como em cada congresso, foram eleitas novas diretorias, que foram assim constituídas:

Diretoria Paranaense de Leigos Luteranos: presidente, Jackson Ganzenmuller; vice-presidente, Rodrigo Schneider; secretário, Robson Schneider; vice-secretário, Antonio Silvio Lustosa Mendes; tesoureiro, Osmar Wendler; vice-tesoureiro, Carlos Wendler; pastor conselheiro, Dion Albach.

Foi realizada a Noite Cultural com diversas apresentações musicais, como canto coral, vozes, solo, duplas e trios.

Entre vários pronunciamentos, teve destaque a palavra de Ivo Moller, representante da ALBEM (Associação Lutando pelo Bem), um projeto da Liga de Leigos Luteranos do Brasil, no Paraná, com a missão de “promover ações sociais que possibilitem o acolhimento e a assistência de pessoas em situação de vulnerabilidade, como prática de amor ao próximo.

O pastor Nérison Grützmann Vorpagel, também fez um pronunciamento falando do Mensageiro Luterano, um importante material para divulgar as atividades da IELB. O pastor Nérison incentivou aos luteranos a fazerem suas assinaturas anuais para terem acesso e conhecimento das ações, reflexões, estudos e testemunhos de fé compartilhados entre os luteranos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Você já reclamou de um presente dado por Deus?

“Quem vem aí?”, me perguntou uma senhora na saída do culto. Ao responder que era mais um menino, ela disse: “Ah, não!! Tinha que ser uma menina!” Quase sem acreditar no que ouvi, questionei: “Por quê? Não mesmo! Quando Deus envia o presente, a gente aceita com gratidão”.

Veja também

Você já reclamou de um presente dado por Deus?

“Quem vem aí?”, me perguntou uma senhora na saída do culto. Ao responder que era mais um menino, ela disse: “Ah, não!! Tinha que ser uma menina!” Quase sem acreditar no que ouvi, questionei: “Por quê? Não mesmo! Quando Deus envia o presente, a gente aceita com gratidão”.

Dores que fazem crescer

“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam” (Tg 1.12).

O que alimenta nossa fé?

Esse foi o tema do Congresso de Servas e Leigos do DIVALI