De geração em geração para intergeracional

Importância de transmitir a Palavra aos filhos levou servas a aderirem à temática do Congresso Nacional da LSLB e convidarem seus familiares a participar

Mais um maravilhoso e memorável encontro para compartilhar com os amigos, os irmãos na fé e os familiares. Lindas e emocionantes histórias e testemunhos que, daqui a uns anos, serão relembrados pelas próximas gerações… como foi feito até aqui, com o que nossos antepassados nos transmitiram!

Sob o tema “De geração em geração”, o 32º Congresso Nacional da Liga de Servas Luteranas do Brasil (LSLB) reuniu 965 participantes inscritos, desde crianças até idosos, mulheres, homens e pastores de todo o Brasil e convidados do exterior (com as representantes da igreja-irmã do Paraguai).

As servas aderiram à temática proposta e levaram seus familiares. Em cada canto havia grupos de irmãs, mães e filhas (ou filhos), mães, filhas e netos, oportunizando a todos momentos de alegria, aprendizado e amor, além de fortalecer laços e criar novos, fé e comunhão uns com os outros e com Deus (veja alguns relatos abaixo).

Para a presidente da LSLB, Loci Gobetti, foram dias abençoados, de reencontro, aprendizado, fraternidade, inspiração e fortalecimento na Palavra de Deus. “Certamente voltaremos aos nossos lares, congregações e departamentos fortalecidas, animadas e felizes para o trabalho no Reino de Deus, servindo ao Senhor com alegria”, pontuou.

Realizado entre os dias 21 e 25 de janeiro, no SESC Praia Formosa, em Aracruz, ES, o Congresso teve como destaque duas palestras, três programações noturnas e as eleições para a gestão 2024-2026 (conheça a nova diretoria abaixo).

O pastor Klaus Ernesto Kuchenbecker, de Planaltina, DF, dirigiu a palestra sobre o tema“De geração em geração – um olhar para o passado” (assista aqui), e o vice-presidente de Educação Cristã da IELB, pastor Fernando Elwanger Garske, ministrou o tema“De geração em geração – um olhar para o futuro” (assista aqui). A primeira nos faz refletir sobre o quanto Deus é fiel, amoroso e cumpre as suas promessas, enquanto que a segunda aponta para a importância de transmitir aos filhos, netos, jovens e crianças de nosso convívio, os valores e princípios da nossa fé ao longo do tempo. Assim, olhando para as gerações e com base no salmo 100.5, percebemos o quanto Deus foi fiel em preservar e carregar sua promessa.


As três noites de evento também foram especiais. A primeira foi reservada para um “Momento diferente”, com atividades paralelas: sessão de autógrafos da série Ligue-se, v.25, “Eu sou testemunha”, com a Comissão de Crescimento Espiritual (CCE) e show da dupla sertaneja “Kininho e Brayan”.

A segunda foi dedicada às apresentações de talentos na Noite Artística, e a terceira, a apresentação do Podcast Entre Elas e Deus, em que as amigas Aline Koller, Silmari Carvalho e Tânia Kopereck conversaram sobre os desafios e conflitos intergeracionais, conversaram com o público, responderam a questões do público e relembraram momentos marcantes do programa transmitido pela Rádio CPT durante 7 anos (assista aqui).

A LSLB realiza a eleição dos cargos de sua diretoria de forma alternada a cada congresso, de maneira que não ocorra a troca nem a reeleição integral da Diretoria Nacional. Neste ano, foram eleitas mulheres para os cargos de 1ª vice-presidente, 1ª e 2ª secretárias, 2ª e 3ª tesoureiras, 1ª e 2ª titulares do Conselho Fiscal e as presidentes regionais.

Confira a formação da Diretoria Nacional e quem são as presidentes das onze regiões da LSLB para a gestão 2024-2026.

Gestão 2024/2026:

Presidente: Loci Marinês Narcizo Gobetti

1ª vice-presidente Neyva Timm do Carmo (eleita)

2ª vice-presidente: Silmari Cristina Silva Garcia Carvalho

1ª Secretária: Rosie Guites Pfluck (eleita)

2ª secretária: Gudrun Amsberg de Almeida

3ª Secretária: Adriana Voigt Poock (eleita)

1ª Tesoureira: Dulce Lires Dittberner Weber

2ª Tesoureira: Tânia Maria Eller Ogg (eleita)

3ª Tesoureira: Marilanda Mülling Leitzke (eleita)

Conselheiro Nacional Ismar Lambrecht Pinz

Conselho Fiscal

1ª titular: Milena Rieger (eleita)

2ª titular:  Rosângela Trapp Zielke (eleita)

Titular: Clair Margareth Hugentobler Maria (homologada)

Suplente: Rosângela Erna Bihre Hirt (homologada)

Presidentes regionais

Região Catarinense: Célia Marize Bündchen (eleita)

Região Centro-Oeste: Wildenise Marta De Podestà (eleita)

Região Espírito Santo-Minas: Alini Ewald Eller (reeleita)

Região Metropolitana: Carina Taisa Osterlein (eleita)

Região Missioneira: Simone Schmidt Pinheiro (reeleita)

Região Nordeste: Margareth Raquel Fernandes de Araújo (eleita)

Região Noroeste: Nilva Klein de Almeida (reeleita)

Região Norte: Marina Pascarelli Monteiro Klemann (eleita)

Região Oeste: Vanessa Vargas Gomes Lyneburger (eleita)

Região Paranamasul: Marlene Ruth Albrecht Wrasse (eleita)

Região Sul: Carmen Regina Rain (reeleita)

RELATOS

“Quero orgulhosamente apresentar-lhes o Benjamim… Meu filho, presente de Deus em minha vida! Um garoto muito inteligente e habilidoso. Tem 5 anos de idade e possui TEA (Transtorno do Espectro Autista). Desde o ventre da mamãe Mellen, ele sempre teve contato com a música, desfrutando de vários momentos de louvor. Por eu fazer parte de uma banda (BandaK5), Benjamim sempre esteve presente em todas as programações em que éramos chamados para tocar. Com menos de um ano ele já estava participando do seu primeiro Congressão da JELB (no Sesc de Aracruz, ES). De 2019 até hoje, foram muitos momentos de louvor. Não me surpreende ele ter seu hiperfoco em música! O gosto por bateria e guitarra veio muito cedo, por acaso, os dois tios dele, Michael e Diego, são, respectivamente, baterista e guitarrista da Banda K5. E agradeço muito a Deus por isso! Quando falo de “uma geração dentro da geração”, quero trazer a importância do exemplo e dedicação dos pais no trabalho da igreja. Eu aprendi com meu pai Hélio Kunzendorff (em memória) que desde cedo, como pais, devemos ensinar o caminho a se seguir, Jesus! Pois ele (meu pai) foi um grande servo na seara do Senhor, nos deixando esse legado de serviço no reino de Deus. Fui criado vendo meus pais muito atuantes no trabalho da igreja, e eu, por minha vez, procurei seguir os mesmos passos e tento transmitir ao Benjamim os mesmos valores e princípios cristãos que meus pais me passaram quando criança! E ver meu pequeno Benjamim participando ativamente de um congresso, colocando seu dom à disposição do reino, me traz uma felicidade tremenda, pois vejo que o legado de meu pai se perpetua hoje no Benjamim! E pela graça maravilhosa de Jesus, posso dizer que: De geração em geração, suas bênçãos não tem fim!”

Gediael Kunzendorff, músico, pai de Benjamim, 5 anos

“De geração em geração! Fiel é o Senhor. Deus nos dá todos os dias ao amanhecer a oportunidade de contarmos um capítulo da nossa vida. É igual para todos, não importa a idade. Este capítulo vamos deixar registrado na vida da nossa pequena Alice. Ainda bem pequena teve o privilégio de participar com a vovó e a mamãe do 32º Congresso da LSLB. Representamos as três gerações e sabemos que Deus nos presenteou esses momentos porque ele é fiel e a sua misericórdia dura para sempre. Obrigada, Senhor!”

Avó Alini Ewald Eller, mamãe Camila Ewald Eller e a pequena Alice Musso Ewald

“Foi evento memorável, alegre e abençoado, em que buscamos lançar um olhar para o passado, pensar em nossas mães, pais, avós, enfim, nossos antepassados em geral, percebendo que a misericórdia de Deus trabalhou em gerações anteriores, cuidando, amparando e guiando. Também refletimos sobre o futuro, nos firmando e certificando da fidelidade de Deus. Assim, vamos colocar a vida de nossos filhos e netos nas mãos de Jesus, assumindo também o compromisso de sermos instrumentos do Senhor no cuidado com as gerações futuras. Além de olhar para trás e para frente, a ideia foi nos consolar na certeza de que os olhos do Senhor estão sobre nós. Ele olha e ouve nossas orações. Ele cuidou, cuida e cuidará de nós, de geração em geração.”

Ismar Pinz, Conselheiro da LSLB

“Em minha casa, é comum ouvir ironias como ‘não tem filho preferido’ sempre que alguém age em favor de outro membro da família. Como presidente da LLLB, participo frequentemente de congressos pelo Brasil, muitas vezes acompanhado por meu pai, meu filho e até minha esposa. No entanto, nunca havia convidado minha mãe, Ires Hubner Moller. A participação no Congresso foi o meu presente de Natal para ela. A experiência de viajar pela primeira vez sozinho com minha mãe foi especial, e aconteceu em um congresso que nos faz refletir sobre nosso papel entre gerações. Além disso, simbolizou a boa criação que ela deu a seus filhos. Esta participação acrescentou uma dimensão única às nossas memórias compartilhadas. Se havia algum favoritismo familiar antes, agora ele se equilibrou. Este congresso para mim não apenas fortaleceu nossa conexão de geração para geração, mas também destacou a importância de reconhecer e valorizar cada membro da família.”

Ives Moller, presidente da LLLB

Veja aqui o álbum completo de fotos e assista aqui aos vídeos das transmissões do evento. Confira aqui também a playlist com os vídeos dos resumos de cada dia da programação.

Fotos: Luana Lemke/IELBcom

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

A ressurreição de Jesus

Há diferenças entre as narrativas sobre a ressurreição de Jesus nos quatro evangelhos. Como devemos entender isso? Mt 28.1-8; Mc 16.1-8; Lc...

Veja também

A ressurreição de Jesus

Há diferenças entre as narrativas sobre a ressurreição de...

Vivendo em Cristo

Projetos de Missão da Liga de Servas Luteranas do...

 “Olá, eu sou a terceira idade”

Quando pensamos sobre a saúde mental de uma pessoa idosa, é importante frisar que ela pode ser afetada por fatores que vão além das condições biológicas; os aspectos sociais, psicológicos e ambientais também são influenciadores