ECEC 2024 é voltado para Escola Dominical

Confira o calendário das edições deste ano

As edições deste ano do Encontro de Capacitação para a Educação Cristã (ECEC) tiveram início no mês de março e têm foco na formação de professores de Escola Dominical. Coordenada pelo vice-presidente de Educação Cristã, pastor Fernando Garske, a programação conta com colaboração de demais integrantes da Diretoria Nacional da IELB.

O tema dos encontros é “O Cuidado com a Doutrina: Contando as histórias da Bíblia com fidelidade” e conta com duas palestras sobre os temas: “O cuidado com a doutrina – Contando histórias da Bíblia com fidelidade” e “Contando e incluindo – Técnicas de comunicação alternativa”.  Além das palestras, as professoras da Comissão Nacional de Escola Dominical desenvolvem oficinas com os participantes, sobre os temas: “Dinâmicas na contação de histórias”, “Técnicas para a memorização de versículos”, “Usando a música para brincar e contar” e “Recursos digitais e gamificação na Escola Dominical”.

O primeiro ECEC do ano foi em Pinhalzinho, SC, no dia 3 de março. O evento contou com a presença de 70 pessoas, entre professores da Escola Dominical e pastores do distrito Oeste Catarinense. A palestra foi ministrada pelo vice-presidente de Educação Cristã e as oficinas pelas professoras Simone Kruger Schuquel (coordenadora da Comissão) e Jeane Mary Chaves Müller.

O segundo foi realizado no dia 16 de março, em Arroio do Padre, RS, com a participação de 156 inscritos, entre eles 16 pastores, além dos membros da Congregação São Paulo, no suporte ao evento. A palestra foi dirigida pelo vice-presidente de Comunicação, Éderson Wasem, e as oficinas pelas professoras Thayara Schmitz Lopes, Simone Kruger Schuquel, Dayana Hadassa Figur e Denize Buchweitz Agner.

O terceiro ocorreu no dia 17 de março, em Tramandaí, RS, reunindo mais de 70 pessoas entre professores e pastores. A palestra foi dirigida pelo vice-presidente de Administração, Gustavo Becker da Silveira, e as oficinas pelas professoras Thayara Schmitz Lopes, Simone Kruger Schuquel, Dayana Hadassa Figur e Jeane Mary Chaves Müller.

E o quarto ECEC foi no dia 24 de março, em Chapecó, SC, com a presença de 60 pessoas. O momento devocional foi conduzido pelas professoras da ED e pelo pastor Egon Griesang, da CEL Redentor, de Seara, SC. A palestra e as oficinas foram ministradas pelo vice-presidente de Educação Cristã e pelas professoras Simone Kruger Schuquel, Denize Buchweitz Agner e Thayara Schmitz Lopes.

Confira as datas e locais dos próximos ECECs:
7 de abril – Erechim, RS
13 e 14 de abril – Imperatriz, MA
20 e 21 de abril – São Paulo, SP
27 de abril – Campo Mourão, PR
28 de abril – Cascavel, PR
18 e 19 de maio – Cacoal, RO
1 e 2 de junho – Joaçaba, SC
8 de junho – Limeira ou Cosmópolis, SP
13 e 14 de julho – Ijuí, RS
27 e 28 de julho – Natal, RN
24 e 25 de agosto – Sinop, MT
14 e 15 de setembro – Palmas, TO
28 e 29 de setembro – Ji-Paraná, RO
5 de outubro – Candelária, RS
26 e 27 de outubro – Belém, PA

* Estão previstos ainda encontros em Brasília, DF, e Santa Maria de Jetibá, ES, em data e local a definir.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó

Veja também

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó

A subjetividade contemporânea do rolar a tela do celular

O Tik Tok passa a predominar e compor o mundo intrapsíquico do ser humano. E tal composição atinge milhões de pessoas, como uma espécie de hipnose pandêmica.

A dolorosa volta para casa

Após 20 ou mais dias, vítimas da enchente no RS começam a retornar aos seus lares para limpeza e reconstrução