Missão Feliz, RS, completa 8 anos

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes

Jesus nos deu uma missão: “Vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que tenho ordenado a vocês. E eis que estou com vocês todos os dias até o fim dos tempos” (Mt 28.19,20).

Esta é a missão da Igreja de Cristo, ir a todos os lugares e pregar a Palavra. Uma missão nem sempre será fácil – normalmente não é –, pois, financeiramente, não vale o desgaste; existem muitas limitações.

Mas uma missão sempre vale a pena, pois onde o povo de Deus se reúne, ali a Palavra de Deus é pregada e os Sacramentos administrados.

Muitos se importam com números, com dados, porém, em uma missão, o que prevalece é o amor pela ordem de Cristo: VÃO!

E estamos indo!  Há 8 anos, a cidade de Feliz, RS tem povo reunido, tem pastor, tem comunhão!

Ao longo desses 8 anos, a vontade humana muitas vezes foi de desistir, mas pela força que só Cristo dá, nossos irmãos em Feliz estão seguindo.

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes.

“Deus tem guiado e nos dado força. Uma gratidão especial às pessoas que nos recebem em suas casas para realizar os cultos, pois ainda não temos um local próprio para os cultos. E também precisamos agradecer a Congregação da Paz, de Sapucaia do Sul, RS, que incentiva e mantém esse trabalho”, agradeceu o pastor Abiel L. Pinnow.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó