O engenheiro civil

O engenheiro civil é o profissional responsável por elaborar projetos, decidir a estrutura, calcular as construções e a sua manutenção, para o bem dos que utilizarão os prédios e as residências. É um trabalho da mais alta responsabilidade. Ele é o mentor das construções.

As Escrituras usam a expressão “homens peritos”, que inventaram máquinas (2Cr 26.15). Eram os engenheiros da época. Eles lideraram a construção do templo de Salomão (1Rs 5.13-8; 6, 7). O templo (Ez 40-43) tinha repartições com medidas exatas. A volta dos israelitas da Babilônia foi penosa, mas produtiva. Neemias foi um tipo de prefeito-engenheiro. Reuniu o povo, que, sob a sua liderança, reconstruiu os muros, a cidade de Jerusalém e o templo.

A torre de Siloé, ao sul de Jerusalém, desabou e matou 18 pessoas (Lc 13.4). Era provavelmente muito antiga e sem manutenção! O fato é que as autoridades competentes ignoraram o perigo, ou nem havia pessoas responsáveis nesse aspecto. Houve uma falha!

A profissão de engenheiro é uma ocupação especializada. O exercício dessa profissão zela pela segurança da vida humana. O apóstolo Paulo prega a busca pelo interesse do outro (1Co 10.24); um deles é a promoção da vida. Qualquer coisa que os cristãos fizerem, “[…] façam tudo para a glória de Deus” (1Co 10.31 – NTLH). O cristão deve glorificar a Deus e servir ao próximo, conforme diz Brakemeier em Vocação e Profissão. Faz parte da vocação cristã em qualquer profissão. Todas as construções modernas são aprimoradas e projetadas; e detalhadamente calculadas para que os seus moradores vivam seguros; por exemplo, quando a coluna de um prédio apresenta problemas, o engenheiro responsável vai alertar os proprietários para os possíveis perigos.

O engenheiro e todos nós somos convidados a nos inspirar na Trindade divina. O Criador do Universo não faz nada mal feito. Jesus Cristo, o Filho de Deus usa uma engenharia única para livrar a humanidade da eterna ausência de Deus: o inferno! Jesus torna-se carne no Natal. Seu nome é Salvador, o que livra. Sua missão é servir: dá a sua vida em resgate por muitos (Mc 10.45). Ele morre e ressuscita. O Espírito Santo ensina que todos são dependentes de Deus, para viver o “já” e preparar-se para o “ainda não”. Ele ensina a confiar em Cristo, que toma sobre si os pecados do mundo na cruz, como se ele os tivesse cometido. As pessoas que confiam nele são declaradas justas porque são cobertas com as […] vestes de salvação […]e envoltas […] com o manto de justiça […]” (Is 61.10) de Jesus. A Trindade divina trabalha com absoluta segurança, pois, cada pessoa é caríssima aos olhos divinos.

Jesus ensina (Mt 5-7) que não podemos errar no fundamento do nosso crer. Usa a metáfora do bom construtor = um bom engenheiro: “E todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha” (Mt 7.24). Quem ouve as palavras de Jesus e as reflete, ouve, de fato, conforme o pastor D. Jagnow em O Diálogo pastoral.

Todos os engenheiros têm alegrias e dificuldades como todos nós. Entretanto “[…] Deus […] trabalha para aquele que nele espera” (Is 64b).

Cada engenheiro é um instrumento de Deus.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Nossa oração mudou

   ”Deus, abençoe as pessoas pobres e ricas que perderam tudo na enchente. Que elas consigam o que vestir, o que comer e uma casa para morar”

Veja também

Nossa oração mudou

   ”Deus, abençoe as pessoas pobres e ricas que perderam tudo na enchente. Que elas consigam o que vestir, o que comer e uma casa para morar”

ANEL participa de Congresso Nacional de Escolas Luteranas da Argentina

Presidente Marlus Seling, diretor-executivo Nelci Senger e vice-presidente de Ensino da IELB, Joel Muller, representaram o Brasil no evento que reuniu mais de 300 participantes

O surgimento de uma tradição cristã

Participaram das aulas 19 alunos de diversos lugares do Brasil e do continente americano, tais como Canadá, México, Venezuela e Paraguai.