O que é fé?

FÉ!! Nos dias atuais, quando andamos pela rua, vemos essa palavra estampada nas roupas, em pichações e até tatuada no corpo das pessoas.

Mas o que é fé?

Leia esta história:

Uma garotinha de apenas seis anos de idade ouviu seus pais conversando sobre seu irmãozinho mais novo, de como ele estava doente, que não tinham plano de saúde, e de que teriam que vender o apartamento para poderem pagar sua cirurgia; mas, ainda assim, não conseguiriam arcar com todas as despesas.

– Só um milagre! – desabafou seu pai.

Então, ela pegou seu cofrinho, retirou todas as moedinhas e, sem avisar ninguém, foi até a farmácia da esquina comprar um milagre.

– Não temos milagre para vender, – disse-lhe o vendedor, sem entender de fato o que a menina queria.

Um cliente escutou a menina e se comoveu:

– Qual é o seu nome, menina?

– Aninha.

– E por que você precisa de um milagre, Aninha?

– É para o meu irmãozinho, que está muito doente. Meu pai disse que só um milagre pode salvá-lo. Então eu tirei todo o dinheiro do meu cofrinho e vim aqui comprar um milagre para ele.

– E quanto dinheiro você tem aí?

– Noventa e cinco centavos – respondeu ela.

– Puxa, que coincidência, Aninha, estamos em promoção, e noventa e cinco centavos é exatamente o preço de um milagre para irmãozinhos mais novos. Vamos lá conhecer seu irmão e falar com seus pais?

Aquele homem, na verdade, era um grande cirurgião pediátrico, e providenciou a cirurgia e o tratamento do menino.

Quando tudo terminou, os pais de Aninha perguntaram ao médico quanto lhe deviam (mesmo sabendo que não teriam condições de pagá-lo). Ele piscou para a menina e disse:

– Noventa e cinco centavos, não é mesmo, Aninha?

Ela colocou suas moedinhas na mesa do médico.

(Autor desconhecido)

O que podemos aprender com essa ilustração:

? Em Hebreus 11.1 lemos que “a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se veem”.

Se a menina compreendesse de fato o valor que tinham aquelas moedinhas, não teria nem saído de casa. Mas ela acreditou naquilo que NÃO PODIA VER. Essa é a fé de que o texto de Hebreus fala. Quando depositamos a nossa fé no Deus verdadeiro, ele “chama à existência as coisas que não existem” (Rm 4.17).

? Em João 6.29, Jesus, o autor da fé, depois de ter multiplicado pães e peixes e alimentado uma multidão, nos ensina que, para vivenciarmos o poder e as obras de Deus na nossa vida não dependemos das nossas obras, mas da FÉ que temos no Deus Todo-Poderoso. Jesus diz: “A obra de Deus é esta: que vocês CREIAM naquele que ele enviou”. E aí, então, as obras nos acompanharão!

? A menina acreditou que era possível obter o milagre e agiu. Em Tiago 2.17 aprendemos que “ a fé, se não tiver obras, por si só está morta”. A fé que não produz AÇÃO é inútil. É pelas ações que a nossa fé é reconhecida.

? Na nossa caminhada com Deus, precisamos lembrar ainda que a fé em Jesus também nos protegerá do mal. Veja o que lemos em Efésios 6.16: “segurando sempre o escudo da fé, com o qual poderão apagar todos os dardos inflamados do Maligno.”

A fé que muitas vezes vemos estampada por aí, divulgada pelo mundo, nem sempre é a fé que salva. Precisamos estar atentos em quem depositamos a nossa fé. O profeta Isaías nos adverte: “Confiem sempre no Senhor, porque o SENHOR Deus é uma Rocha eterna” (Is 26.4). E Paulo nos ensina que “sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que recompensa os que o buscam (Hb 11.6).

Que Deus abençoe e fortaleça a nossa fé. Que muito mais que estampar a palavra FÉ, tenhamos uma fé que produz frutos para a salvação. E, por fim, que Jesus possa dizer para nós também: a tua fé te salvou!

Cerla Knevitz

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Veja também

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Enchente no RS provoca mudanças no Simpósio de Missão

Programação do Seminário Concórdia será reduzida e online. Inscrições podem ser feitas até o dia 21 de junho

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase