Vida e saúde

“Do que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” (Mc 8.36). “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”, diz Jesus (Jo 10.10).

Tradicionalmente, o mês de novembro é o mês da mordomia cristã na IELB, quando são abordados temas relacionados à administração de tempo, dons e recursos. Desse mesmo modo, deve-se enfatizar o importância do cuidado com a vida como maior presente de Deus:

“O poder de Deus nos tem dado tudo o que precisamos para viver uma vida que agrada a ele” (2Pe 1.3).

Ao observar os animais livres na natureza, a morte ocorre, na sua grande maioria, de forma natural (velhice, predação…). Já ao observar o fim da vida nos homens, a forma mais comum é a doença. Como isso é possível, se ambos são criaturas de Deus? Teriam os animais um apreço maior pela vida? Seriam os seres humanos negligentes para com a vida?

Como nos diz o versículo de 1Pedro 1.3, Deus nos dá abundantemente tudo aquilo que é necessário para o bom cuidado da vida: o ar que respiramos, o qual nos fornece oxigênio; os rios e mares, os quais nos fornecem água; a terra, a qual nos fornece o alimento. Observando esses três pilares, é de suma importância preservar e utilizar de forma consciente o ecossistema em que habitamos.

Diferente dos animais, Deus concedeu aos homens inteligência e sabedoria, conferindo-lhes capacidade de decidir suas ações de acordo com seu próprio desejo. Dessa forma, deve-se utilizar essa sabedoria para o bom cuidado para com a vida, ou seja, fazendo boas escolhas. Mesmo com todos recursos para ter uma vida saudável, porque se opta por um estilo de vida que leva à doença? Assim, será que os animais estão mais próximos do seu Criador, e por outro lado, o ser humano estaria distante de Deus?

Cuidar bem da vida seria voltar para Deus e buscar nele orientação. Dessa forma, deve-se cuidar do ar que se respira e da própria respiração; cuidar das fontes de água e da própria hidratação; da pureza da terra e da boa alimentação; manter o corpo ativo e a mente saudável; investir em relacionamentos sadios; ter um sono de qualidade.

Em forma de gratidão pela vida, maior presente recebido de Deus, “templo” do Espírito Santo (1Co 6.19), a maior oferta que se pode dar é cuidar bem do corpo, da mente e da fé, permanecendo em comunhão com Deus (Jo 15.5) até o dia de devolver tudo aquilo que foi recebido.

João Janke

Pastor, médico e psicólogo

Porto Alegre, RS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Despedida e recepção de pastor em Ivaí, PR

Pastor Jandir Krebs recebe título de emérito e pastor Juliano Mülling Timm é instalado na Paróquia São Paulo

Veja também

Despedida e recepção de pastor em Ivaí, PR

Pastor Jandir Krebs recebe título de emérito e pastor Juliano Mülling Timm é instalado na Paróquia São Paulo

Acontece nas melhores famílias!

O que vemos nos consultórios hoje em dia, mascarados de supostos diagnósticos e muitos rótulos, são grandes exemplos da falta de tempo em família.

Congressão JELB 2025

Programação será dos dias 28 de janeiro a 2 de fevereiro de 2025, em Sumaré, SP