Flexibilidade: meu desejo para você neste Natal e Ano Novo

Nesta época é comum que aqueles pensamentos mais rígidos e inflexíveis ganhem uma forcinha extra. Veja como fugir dessa armadilha

Luise Lüdke Dolny
Psicóloga CRP 12/09392
[email protected]
(48) 99645 4143

Mais um dezembro chegou com sua magia!!! Decoração e músicas natalinas, programa de Natal na igreja e nas escolas das crianças, festas de confraternização e encerramento do ano! Ahhh, o espírito de Natal contagia a todos! 

Tá sentindo aí? Não? Tem certeza? Ué… não era pra ser tudo tão alegre e feliz?!

Fato é: Nem todo mundo se sente contagiado pelo espírito feliz e saltitante do Natal… posso dizer isso porque em meu consultório acompanho muitos pacientes que se sentem sobrecarregados e exaustos com tudo isso (confesso que eu também).

Infelizmente, nesta época é comum que aqueles pensamentos mais rígidos e inflexíveis ganhem uma forcinha extra. Veja se você se identifica:

  • Eu TENHO QUE dar um jeito de participar de todas as confraternizações.
  • Se eu não participar do amigo secreto, TODO MUNDO ficará chateado comigo.
  • O figurino do meu filho na apresentação de fim de ano da escola precisa estar PERFEITO.
  • Eu DEVO fazer lembrancinhas e cartões de natal para TODOS os meus colegas.
  • Se não for para fazer uma ceia PERFEITA, melhor não fazer NADA!
  • Eu NUNCA conseguirei cumprir as metas que penso no início do ano.

(acrescente aqui os pensamentos que têm tirado o seu sono…)

Esse tipo de pensamento rígido (que geralmente vem recheado de palavras como sempre, nunca, devo, tenho que…) traz consigo um peso enorme, uma exigência de perfeição que sabemos que não existe, mas insistimos em conquistar. Isso pode nos levar a cruzar o limite do que é saudável, abrindo brechas para consequências graves como adoecimento físico e mental.

Mas, você deve estar se perguntando, o que fazer para não cair nessa armadilha?! Uma estratégia importante é flexibilizar esses pensamentos. 

  1. Tire um momento para parar e se perceber. 

Identifique a agitação, o nervosismo, a ansiedade… 

  1. Respire! 

A respiração ajuda a fazer nosso corpo voltar para o estado de homeostase e equilíbrio, regulando, por exemplo, os batimentos cardíacos, a agitação motora. Respirar é importante para que possamos pensar com mais clareza! Veja aqui um exercício de respiração.

  1. Seja curioso!

Pergunte-se: O que está fazendo eu me sentir assim? Reflita sobre o que está acontecendo naquele momento, o contexto, as situações, os pensamentos.

  1. Escolha um dos pensamentos

Vamos usar o seguinte pensamento como exemplo: Eu TENHO QUE dar um jeito de participar de todas as confraternizações.

  1. Flexibilize

Reflita sobre como você pode substituir esse pensamento rígido por outro mais flexível e que oportunize o autocuidado e a autocompaixão. Por exemplo:

  • Outra pessoa em meu lugar também não conseguiria participar de todas as confraternizações, pois são muitas.
  • Não ir a uma confraternização não significa que não goste daquelas pessoas.
  • O meu bem-estar e descanso também são importantes.
  • Continuarei convivendo com essas pessoas ao longo do ano.
  • Posso refletir e priorizar os eventos que são mais significativos para mim.
  • Posso demonstrar amor e carinho pelas pessoas de outras maneiras, que não seja participando de um evento.
  1. Sinta o alívio de tomar decisões que façam sentido para você e viva o presente com atenção e paz.

Esse exercício vale também para os nossos compromissos como cristãos em nossas comunidades. Eu posso garantir para você que o que Jesus espera de nós não é nossa exaustão e sobrecarga. 

Servir na igreja é importante, assim como lembrar que somos um corpo com muitas partes. Servir na igreja é importante, desde de que não nos distraia do que realmente importa.

“Respondeu o Senhor: ‘Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas;

todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada’”. (Lc 10:38-42)

Desejo que neste Natal você e eu possamos servir com simplicidade, flexibilizando nossos pensamentos rígidos e focando na boa parte que não nos será tirada: a salvação em Jesus.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Veja também

Novos membros são recebidos em Nova Petrópolis, RS

Culto da Santíssima Trindade teve batismo e recepção de novos membros na Congregação São Marcos

Enchente no RS provoca mudanças no Simpósio de Missão

Programação do Seminário Concórdia será reduzida e online. Inscrições podem ser feitas até o dia 21 de junho

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase