Pés formosos

Não sei se algum de vocês já pensou em dar uma olhada e ver como são os pés do seu pastor. Eu nunca pensei nisso, em ver se os pés de um pastor são ou não formosos ou bonitos, como diz o profeta Isaías no texto acima.

Também não me lembro de como eram os pés dos vários pastores que passaram por minha vida: o que me batizou, o que me instruiu e confirmou, os dois que realizaram nosso casamento, os que foram meus pastores nos tempos de estudante no Seminário, meu pastor no estágio, aquele que celebrou minha ordenação ao ministério pastoral ou os muitos pastores com quem já trabalhei ou convivi aqui no Brasil e na Argentina.

Mas como eu sei que o profeta está falando de pastores?

Porque ele fala de boas-novas, de notícias de paz, de notícias de salvação! Essas palavras, nas Escrituras, sempre se referem às promessas e ao plano de Deus de salvar a nós, seres humanos, da condenação que merecemos por nascer, viver e morrer como pecadores, totalmente afastados de nosso Criador e sem condições de, sozinhos, resolver essa situação dramática.

Para receber as promessas e ser incluídos nesse plano de Deus, precisamos ouvir Deus, crer nele e invocá-lo como nosso Salvador. Mas, como pergunta o apóstolo Paulo, como as pessoas “poderão ouvir, se a mensagem não for anunciada?” (Rm 10.14c). Isso porque, como ele completa, “a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo” (Rm 10.17).

Quem Deus chama, prepara e envia para nos pregar a sua Palavra e nos apresentar Cristo como notícia de paz e salvação, são os nossos pastores.

E ainda que não sei se fisicamente os pés dos meus pastores eram bonitos ou não, sei que eram formosos porque eram pés, mãos, bocas e vidas consagradas ao serviço de anunciar a mim e a muitos pecadores a maravilhosa notícia da salvação em Cristo crucificado e ressuscitado por cada um de nós.

Sou grato ao Senhor porque no dia 13 de agosto passado pude celebrar mais um ano como filho de Deus, porque pelas mãos de um pastor (que já está com o bom Pastor Jesus) fui batizado e incluído na família de Deus e no corpo de Cristo.

Sou grato a Deus porque nossa igreja tem um lugar especial onde os “pés formosos” são preparados para anunciar o evangelho a mim, a você e a todos os pecadores que precisam ouvir a Palavra para receber fé e salvação – nosso Seminário Concórdia (www.seminarioconcordia.com.br ).

Entre tantos pés que existem na IELB, Deus quer que todos sejam pés que sigam ao Pastor Jesus e compartilhem sua salvação em suas vocações diárias. No entanto, há alguns que o Senhor deseja que se transformem em “pés formosos”, não porque são especiais, mas porque vão pregar as boas novas daquele cujos pés foram pregados na cruz para nos dar perdão, vida e salvação eterna.

Você já pensou em ser um desses “pés formosos”? Ou conhece algum jovem ou adulto que poderia ser incluído nas palavras de Isaías? Incentive-o a ir ao Seminário! Porque a Igreja e o Reino de Deus precisam de muitos pés formosos para a obra do Senhor (Lc 10.2).

Oremos e trabalhemos para que muitos “pés formosos” saiam de nosso Seminário para anunciar as boas notícias de salvação em Cristo Jesus e cuidar do rebanho do bom Pastor.

Pastor Leandro D. Hübner

Sorocaba, SP

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Veja também

Deus nos livre de nós mesmos

Um coração adoentado desta forma jamais conseguiria restaurar, por si só, a salvação jogada fora lá no Éden. Por isso, o perdão e a restauração deste coração corrompido estão unicamente em Jesus

Missão Feliz, RS, completa 8 anos

A missão iniciou em 2016, com seis pessoas e hoje, já são 29 pessoas ativas e alguns visitantes

Setenta anos, a Igreja em missão em Baixo Guandu, ES

Congregação Da Paz celebrou culto festivo no dia 14 de abril