Curso de aperfeiçoamento de pastores em Piratuba

Após dois anos, foi realizado nos dias 15 a 17 de agosto, em Piratuba, SC, o curso de aperfeiçoamento de pastores. O momento foi marcado por aprendizado, compartilhamento de experiências, comunhão e confraternização. O palestrante do evento foi o professor do Seminário Concórdia, pastor Leonídio Schulz Görl, que falou sobre a temática “Aconselhamento pastoral centrado em Cristo”.

Participaram do curso 30 pastores dos distritos: Rio Uruguai, Planalto, Vale do Rio do Peixe, Médio Oeste Catarinense e Vale do Rio Ijuí. Também esteve presente o vice-presidente de Ensino da IELB, pastor Joel Müller.

“Participo dos cursos desde a sua fundação. Já são em torno de 20 cursos ministrados por professores do Seminário Concórdia e colegas pastores com suas experiências ministeriais. O curso é muito importante, pois nos aperfeiçoa no conhecimento e na prática. Também temos momentos de compartilhar maneiras práticas da atividade pastoral, além de rever os colegas e fortalecer o amor cristão. Sempre saímos muito fortalecidos, em todos os aspectos”, pastor Claudio Nicolau Wiltgen, Concórdia, SC.

“Foi uma maravilhosa oportunidade de estudar e conversar sobre os assuntos que permeiam o ministério pastoral no que diz respeito à prática do aconselhamento. Entre colegas pastores, pudemos ouvir depoimentos de situações que enfrentam no ministério e os desafios da atualidade. O professor Leonídio nos conduziu com maestria, compartilhando seu conhecimento e apresentando formas de gerenciar conflitos que podem ocorrer na congregação. Conflitos poderão surgir, até mesmo entre o pastor e os membros, mas é preciso focar na solução e na reconciliação da pessoa com o seu Salvador”, pastor Franco Thomassen, Erechim, RS.

“Buscar conselhos nem sempre é tarefa fácil, mas aconselhar, mostra-se ainda mais delicado. Por isso, o professor Leonídio abordou o tema buscando proporcionar no campo do aconselhamento a melhor perspectiva ao aconselhado, falando a ele não sob o meu ponto de vista, mas sim do ponto de vista da fé, do ponto de vista de Cristo. Foram momentos de mútuo aconselhamento e crescimento. Deus seja louvado”, pastor Mauro Altair Scheibler, Chapecó, SC.

“O que mais marcou a mim foi a atualização de informações sobre o contexto atual em que vivemos na vida social e política, não só em nosso país, como no mundo todo; questões como de orientação sexual, doenças e pandemias, suicídio, etc. Nesse sentido o curso foi bastante informativo e proveitoso. Outro destaque foi o contexto doutrinário que precisa ser levado em consideração… Somos um sínodo, uma Igreja Confessional, e a doutrina é a ‘base de tudo’, por isso, a contextualização do ‘atual’ com a ‘base doutrinária’ é muito importante para que o trabalho tenha seu efeito pleno e consiga atingir seu objetivo: Aconselhamento Pastoral centrado em Cristo! Em termos de conteúdo, o curso foi muito bom. Tivemos bons debates também, com questões práticas atuais que foram levantadas pelos colegas. Já estou ansioso esperando o próximo encontro!”, pastor Luiz O. Krachinski, Santa Bárbara do Sul, RS.

Artigo anterior
Próximo artigo

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó