Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Já sou assinante!

Mais que colegas de turma, amigos, vivendo em Cristo

O tempo passa tão depressa. Porém os fatos e as vivências ficam registrados na memória e no coração. Em meio às crônicas da sua vida, certamente se destacam as belas histórias de amizade com colegas de sala de aula.

Jonas Naor Glienke
Pastor em Ijuí, RS


O tempo passa tão depressa. Porém os fatos e as vivências ficam registrados na memória e no coração. Em meio às crônicas da sua vida, certamente se destacam as belas histórias de amizade com colegas de sala de aula.

Amigo leitor, você frequentou a instrução de confirmandos? Quando foi sua confirmação de fé batismal? Quais ensinamentos você tem guardado e seguido? Quem foram seus colegas de turma? Eles foram mais que colegas, amigos em Cristo?

A instrução de confirmandos é um tempo precioso para o estudo da Palavra de Deus. Ela culmina na confirmação pública da fé batismal. Seu objetivo é fornecer a base sólida para guardar firme a confissão da esperança, sem vacilar, na certeza de que Deus, que fez a promessa, dará a coroa da vida eterna a todo aquele que permanecer vivendo em Cristo.

Contudo, a instrução de confirmandos também é um período muito especial para vivenciar a Palavra de Deus no relacionamento com os colegas e o pastor/professor. Deus Pai todo-poderoso, fez o ser humano relacional, inserido no relacionamento perfeito com o semelhante e com o único Deus, em três pessoas, Pai, Filho e Espírito Santo. A queda em pecado trouxe a quebra do relacionamento com Deus e com o próximo. Esse fato leva todas as pessoas ao sofrimento, à solidão, à perda do sentido da vida e ao abandono eterno. A boa notícia é que Deus se alegra em transformar a todos, por meio de Cristo, de inimigos em amigos dele. E Deus deu, para seus amigos, a tarefa de fazer com que os outros também sejam amigos dele (2Co 5.17-21). Dessa forma, na instrução de confirmandos, o aluno pode ter mais que colegas. Pode ter amigos, no maior amigo, Cristo Jesus.

Certamente, os mais diversos vínculos (familiares, sociais, presenciais, pelas redes sociais) são cruciais na vida da pessoa. Na adolescência, eles desempenham um papel fundamental na busca da identidade, dos valores, do pertencimento e do direcionamento das escolhas e decisões. Os vínculos podem ser construtivos ou destrutivos. Assim sendo, percebemos que a instrução de confirmandos é uma grande oportunidade para criar e fortalecer vínculos com a Palavra de Deus – com Jesus, bem como com os que frequentam a sala de aula.  É um tempo precioso para crescer no conhecimento da Palavra de Deus, aplicada à vida relacional.

De fato, vivemos no mundo pós-moderno em que temos a relativização da verdade, a desconstrução dos valores cristãos, as redes sociais tomadas por influenciadores digitais ávidos por motivar padrões de vida e de consumo contrários à santa vontade de Deus. Nesse contexto está inserida a instrução de confirmandos, com duas horas semanais de aula. Humanamente falando, uma concorrência desleal. Porém, precisamos lembrar e crer, e assim agir, que a Palavra de Deus é viva e eficaz, que dá a sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus. (Hb 4.12; 2Tm 3.15) Precisamos ir além do conhecimento teórico. A palavra de Deus precisa ser aplicada à vida dos alunos, como seres relacionais que são. Também precisamos ir além da sala de aula. Criar e cultivar momentos, atividades e programas de integração e convívio. É em torno de uma fogueira, para dar um exemplo, assando um marshmallow no palito, que se cria o ambiente para compartilhar histórias de vida, da qual Cristo Jesus quer fazer parte, com sua amizade divinal.

O tempo passa depressa. Logo, logo o dia da confirmação é um acontecimento de 10, 30, 50 anos atrás. Ficam as histórias para serem contadas. Permanecem as verdades eternas para serem guardadas e vivenciadas pelos filhos amados do querido Pai. Ficam as crônicas de grandes amigos em Cristo, registradas na mente e no coração.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Veja também

Saúde mental em meio a desastres e catástrofes

A busca por autoconhecimento é sempre fundamental, ter ciência das suas habilidades, quando e onde tem condições físicas e emocionais para atuar é fundamental. Confira algumas dicas de como lidar com as emoções em cada fase

Livres para servir: o papel da religião na promoção do bem comum

A realização dos ideais religiosos depende da preservação da liberdade religiosa – o direito fundamental de praticar, expressar e manifestar suas crenças sem discriminação ou perseguição. Defender a liberdade religiosa não é apenas uma obrigação legal, mas um imperativo moral que garante o florescimento de diversas comunidades religiosas e promove um ambiente propício ao diálogo e à cooperação

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó