Culto on-line da CEL São Lucas, de Porto Alegre, RS, é destaque no Jornal do Almoço

Desde que o Brasil “parou” por conta da pandemia do Coronavírus, diversos membros, pastores, congregações, escolas e organizações auxiliares da IELB têm realizado ações para continuar levando a Palavra de Deus e o amor de Jesus às pessoas.

Nesta segunda-feira, 24 de agosto, o Jornal do Almoço, da afiliada da Rede Globo no RS, divulgou as iniciativas realizadas por várias denominações religiosas e também de nossa Igreja Luterana através da Congregação Evangélica Luterana São Lucas, de Porto Alegre, RS, atendida pelo pastor Felipe Erdmann Euzebio.

Todas as atividades de servas, leigos, jovens e instrução de confirmandos estão sendo realizadas pela plataforma do Google Meet. Os devocionais e a escola dominical on-line são gravados e disponibilizados no Facebook da congregação no final de semana (acesse aqui).

Seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, mantendo a quantidade de pessoas permitidas, o uso de máscaras e o álcool gel, os cultos presenciais estão sendo realizados nos sábados, às 19h e no domingo, às 9h, com inscrição prévia dos congregados.

Assista ao vídeo publicado no Globoplay:

Reportagem 1 (veja aqui)

Reportagem 2 (assista aqui)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Pastor é instalado em Sinop, MT

Mauro Scheibler irá atuar na Paróquia Emanuel

Veja também

Pastor é instalado em Sinop, MT

Mauro Scheibler irá atuar na Paróquia Emanuel

Você já reclamou de um presente dado por Deus?

“Quem vem aí?”, me perguntou uma senhora na saída do culto. Ao responder que era mais um menino, ela disse: “Ah, não!! Tinha que ser uma menina!” Quase sem acreditar no que ouvi, questionei: “Por quê? Não mesmo! Quando Deus envia o presente, a gente aceita com gratidão”.

Dores que fazem crescer

“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam” (Tg 1.12).