Faculdade Luterana Concórdia é realidade

Credenciamento da instituição no MEC foi publicado no Diário Oficial da União

A busca pelo credenciamento da Faculdade Luterana Concórdia e autorização do curso de Teologia iniciou com uma decisão do Conselho Diretor da IELB em outubro de 2021, que solicitou ao Departamento de Ensino fazer estudos sobre o assunto a serem apresentados na Convenção Nacional da IELB de 2022. 

Já em 18 de fevereiro de 2022, reuniram-se o vice-presidente de Ensino da IELB, pastor Joel Müller, o diretor do Seminário Concórdia, prof. Gerson L. Linden, o coordenador acadêmico do Seminário, prof. Anselmo E. Graff e o prof. Gabriel Grabowski, representante de “Sophia – Desenvolvimento Educacional Ltda.”, que viria a atuar na consultoria para o processo do credenciamento da Faculdade.

A Convenção Nacional da IELB aprovou, no dia 18 de junho de 2022, a resolução, autorizando a busca do reconhecimento do curso de Teologia.

Grupos de trabalho foram constituídos, com a participação de funcionários e professores do Seminário e membros da Diretoria Nacional da IELB. Diversos documentos precisaram ser elaborados, dentre eles o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e Regimento da futura Faculdade e o Projeto pedagógico do curso de Teologia.

Foi nomeada para a Faculdade uma Comissão Permanente de Avaliação (CPA), que será responsável por coordenar a autoavaliação institucional, com elaboração do Relatório Anual de Avaliação Institucional, que subsidia os Planejamentos Administrativo e Pedagógico da Faculdade. Também foi constituído o Núcleo Docente Estruturante (NDE), do curso de Teologia. Tais comissões são obrigatórias, conforme a regulamentação do Ministério de Educação do Brasil (MEC). Tendo em vista que algumas disciplinas do curso serão oferecidas por EAD, também foi constituída uma equipe multidisciplinar.

Toda a documentação foi postada no portal do MEC, sendo que, em 30 de março de 2023, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES), deu parecer favorável aos documentos apresentados pela mantenedora (IELB) e pelo grupo que organizou a documentação da Faculdade.

A partir desta decisão, foram constituídas pelo MEC comissões para avaliação do processo de credenciamento da Faculdade e de autorização do curso de teologia.

Nos dias 17 a 19 de julho de 2023, houve a visita online de comissão do MEC para o credenciamento da FLC. Em 24 de julho, a comissão avaliadora apresentou seu relatório propondo a aprovação do processo de credenciamento. Em 27 e 28 de julho, ocorreu a visita, também de forma online, da comissão para autorização do curso de Teologia, cujo relatório, de 31 de julho, propunha a aprovação do processo de autorização do curso de Teologia.

Em 11 de outubro, houve parecer favorável ao credenciamento da FLC e autorização do curso de Teologia pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, órgão do MEC. Este parecer foi posteriormente aprovador pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, em 5 de dezembro de 2023. Faltava apenas a assinatura do ministro da educação do Brasil e publicação no Diário Oficial da União, que ocorreu em 27 de junho de 2024 (veja aqui).

Muitas pessoas atuaram para que se chegasse a este resultado. Foi um processo longo, mas que agora, abre portas para a IELB, através da Faculdade Luterana Concórdia, oferecer um curso de Teologia autorizado (o processo de reconhecimento virá mais adiante), além de poder, caso assim o decida, oferecer outros cursos superiores, cursos de extensão, aperfeiçoamento e, com um novo processo no futuro, um mestrado em Teologia. Deus seja louvado.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Emergindo das águas: Um novo começo

A nossa querida Editora Concórdia irá se reerguer e continuará a ser a editora da teologia bíblica e confessional que herdamos da Reforma. Publicando a Palavra que permanece.

Veja também

Emergindo das águas: Um novo começo

A nossa querida Editora Concórdia irá se reerguer e continuará a ser a editora da teologia bíblica e confessional que herdamos da Reforma. Publicando a Palavra que permanece.

Um fim em comum!

E para cumprir com seu propósito, a IELB: utilizará os meios de comunicação; produzirá e distribuirá livros e material religioso, fundando e mantendo organizações com essa finalidade. Esse é o porquê de a Igreja ter uma editora.

14º Encontro Nacional de Escolas Luteranas (14º ENEL)

Em 1524, Lutero elaborou um documento que lançaria as bases de conceitos como educação pública e gratuita, universalização do ensino, ludicidade no processo ensino-aprendizagem, educação interacionista, protagonismo do aluno, aprendizagem significativa e de uma educação com propósitos existenciais, fundamentada nos princípios cristãos.