O poder da gratidão em tempos de crise

Têm épocas na vida que as coisas vão bem. A vida flui “de boa”, suavemente. Agradecer quando as coisas estão indo bem é tarefa fácil. Difícil é ter atitudes de gratidão em meio ao medo, o pânico e à desinformação, gerados por uma crise de saúde mundial, como estamos vivendo.

Lemos em 1Tessalonicenses 5.18: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.”

Todos nós passamos por momentos difíceis. Pode ser por questão de doença, fim de um casamento, perda de uma pessoa querida ou pela perda do emprego, por exemplo. Nessas horas tendemos a ficar com raiva e tristeza. Nosso pensamento é preenchido com a incessante pergunta: “Por que comigo?”

Porém hoje, com uma crise mundial que afeta a todos, talvez a pergunta possa ser: “Por que com o mundo?” Não é mesmo? Mas, mesmo nesses momentos, existe uma forma de enxergar o ponto positivo, pelo qual você pode ser grato.

Isso não significa que seja da vontade de Deus passarmos por todo tipo de circunstâncias ruins e problemas na vida, mas significa que mesmo em face de tudo isso, devemos ser sempre gratos a ele. A vontade de Deus é que desenvolvamos um coração de gratidão independente do que esteja acontecendo exteriormente conosco.

Há muitas pessoas insatisfeitas, ingratas e amarguradas porque algumas coisas não estão saindo conforme elas esperavam. Nós somos assim! Certamente todos temos em nossa vida alguém com quem temos uma relação difícil e atribulada. Talvez tenhamos agido com raiva nessa relação, ou com indiferença, egoísmo e intransigência. Com certeza, isso muito nos machuca e às vezes ainda nos irrita.

No entanto, podemos perceber o benefício de ter esse problema, encarando-o como oportunidade de testar nossos limites e nos ajudar a crescer como ser humano. Agradeçamos por isso, pois o perdão é uma das maiores demonstrações de gratidão. Assim se aprendermos a ser gratos em todas as coisas, inclusive nas pequenas, a gratidão em nosso coração mostrará que a graça de Deus se manifestou em nossa vida e a nosso favor. Paulo aprendeu a ser grato, mesmo quando as coisas não pareciam favoráveis a ele, como mostra o texto de Filipenses 4.11-13: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece”.

Outro dia li um texto de um conhecido autor cristão, que dizia: “A graça de Deus está em enxergar beleza nas dificuldades”. Soa um pouco utópico, não é mesmo? Mas é justamente isso. Já passei por algumas dificuldades na vida. Perda de uma sonhada gestação, o desemprego, a falta de dinheiro, indiferença de amigos, mágoas, ansiedade e depressão.

E afirmo, com certeza, aprender a viver contente não significa que você vai parar de buscar o que é melhor, não significa que você não vai mais avançar para alvos maiores. Apenas significa que enquanto o melhor e o maior não chegam, você é grato, muito grato, por aquilo que você tem, por aquilo que Deus fez chegar às suas mãos. E é essa posição de gratidão que mostra que a força e a graça de Deus se manifestam na sua vida.

Paulo pôde então, confiante, dizer: “Tudo posso naquele que me fortalece”. Ele aprendeu e desenvolveu um coração tão grato a ponto de permanecer feliz em toda e qualquer situação, mesmo quando tudo parecia contrário. Ele não dependia das coisas naturais ao seu redor para ser feliz. Ele tinha a graça de Deus!

Quando expressamos gratidão a Deus inclusive no tempo da adversidade, estamos deixando o egoísmo de lado, deixando de dar prioridade para o nosso problema, e estamos dando glória àquele que verdadeiramente pode nos conduzir em triunfo.


Como escreve o salmista no salmo 50.23: “O que me oferece sacrifício de ações de graças, esse me glorificará”.

Ser grato pelas coisas ruins que acontecem na nossa vida não significa que assim teremos uma vida perfeita ou que ignoramos o momento pelo qual passamos no mundo. Podemos estar sorrindo agora e, num estalar de dedos, inúmeros problemas e dificuldades surgirem para roubar nosso chão.

A questão é manter o pensamento firme, alimentar a sua fé e suavemente perceber o que há de bom, e ser grato por tudo o que hoje lhe aflige. Enxergar que você tem alguém para ajudá-lo a enfrentar esse momento é motivo para ser grato, abrindo espaço para felicidade no lugar da tristeza.

Quem ultrapassa a barreira da dor e da tempestade sendo grato, descobrirá em si qualidades nunca antes imaginadas, e mesmo triste permitirá que sua alegria seja semente de gratidão na mente e coração de alguém que ama.

Você está pronto para mudar sua vida, manifestando o poder e amor de Deus através da sua gratidão? Nunca é tarde para começar. Sejamos SAL e LUZ neste mundo doente que Sejamos sal e luz neste mundo doente que clama pelo antídoto perfeito, que é o evangelho da salvação em Jesus Cristo. Repense, perdoe, ame e valorize a essência e a simplicidade das coisas. A simplicidade está em um sorriso, um abraço, um reencontro, uma desculpa, um recomeço, um olhar. Está na tua família reunida, no tempo que agora sobra. Na conversa lenta e sem pressa, no trabalho que agora precisa esperar. A simplicidade está em Cristo. A cada suspiro nosso, um sopro de amor, bondade e gratidão ecoam e preenchem o nosso ser.

Sejamos sempre gratos! Que Deus nos abençoe!

Simão Rafael Schmitz

Congregação Rei Jesus, Novo Hamburgo, RS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

Ovelhas geram ovelhas. Pastores apascentam ovelhas

No evangelho de João 10.11,14, Jesus é o “Bom Pastor” que apascenta e gera, espiritualmente, as ovelhas que escutam sua voz e que o conhecem e são por ele conhecidas.

Veja também

Ovelhas geram ovelhas. Pastores apascentam ovelhas

No evangelho de João 10.11,14, Jesus é o “Bom Pastor” que apascenta e gera, espiritualmente, as ovelhas que escutam sua voz e que o conhecem e são por ele conhecidas.

Cheiro de salvação

O texto de 2 Coríntios 2.14 diz assim: “como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas”.

Quem está nas trincheiras ao seu lado?

Quando a gente casa, traz uma bagagem para a vida a dois. Nesta bagagem, estão os valores aprendidos em casa, as experiências de relacionamentos anteriores, nossa profissão talvez, sonhos e desejos.