2º Encontro da OBEM Grupo PR, RJ e SP

Programação reuniu 11 participantes no dia 23 de maio, em Cotia, SP

No dia 23 de maio, aconteceu o 2º Encontro da OBEM (Associação dos Obreiros Eméritos, esposas e viúvas de pastores) do grupo Paraná (Leste) – Rio de Janeiro – São Paulo, em Cotia, SP. Estiveram presentes no evento os obreiros eméritos: Emir Lemke, Marli Dockhorn Lemke, Geraldo Stanke, Hildegard Stanke, Irma Flor, Osmar Schneider, Naemi Schneider, Valdemar B. Fritz, Lidia Fritz, Rudi Zimmer e Josete Maria Zimmer.

A programação contou com diversas atividades, de louvor, estudo, devocional, troca de vivências, passeio e jantar de confraternização.

O devocional de abertura foi conduzido pelo pastor emérito Emir Lemke, que falou sobre o tema: “Duas vias da teologia cristã: prosperidade x cruz”. O estudo foi feito pelo pastor emérito Geraldo Stanke, que levou em consideração a reflexão em torno da Pergunta: A ideia da morte assusta?

Os obreiros também tiveram um momento para compartilhar suas vivências. “A trajetória dos eméritos não pode ser ignorada, mas divulgada e propagadas para servir de exemplo e incentivo para os sucessores; às novas gerações”, resumiu o pastor emérito Osmar Schneider.

O almoço aconteceu no refeitório da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e, após o almoço, os obreiros visitaram o Centro Administrativo da SBB, a Gráfica da Bíblia e o Museu da Bíblia.

Na SBB, foram recebidos pelo CEO, pastor Erni Seibert, que falou sobre os desafios da tradução da bíblia no mundo.

A visita na Gráfica da SBB foi organizada pelo gerente de Desenvolvimento Institucional e Engajamento com a Bíblia, pastor Mario Rost, que explanou detalhadamente como uma Bíblia é impressa. O grupo pôde acompanhar diversos processos: impressão em rotativa, alceamento dos cadernos, costura, preparação das capas, encadernação e acabamentos e, por fim, controle de qualidade e expedição.

A visita seguiu no Museu da Bíblia, a 7 km da sede da SBB e do Centro de Produção da Bíblia. Lá, tiveram a oportunidade de conhecer várias bíblias antigas e conhecer sobre as superfícies usadas na escrita (papiro, pergaminhos e outros). “Vimos uma réplica da prensa de Guttenberg e muitas outras curiosidades como a Bíblia impressa numa página A3, um Novo Testamento à prova d’agua, gravação de línguas indígenas do Brasil, Bíblia em Braile, para cegos e a miniatura da Arca de Noé”, acrescentou Marli Lemke.

Na noitada das Pizzas, na residência do pastor emérito Dr. Rudi Zimmer e sua esposa Josete Maria Zimmer, houve também a entrega de lembranças do 2º Encontro pelas senhoras Naemi Schneider e Josete Zimmer.

“Destacamos a participação especial de pastores do Distrito Paulista que não mediram esforços para acompanhar e incentivar os idosos eméritos nas reuniões e passeios: Iderval Strelow, Mario Fukue, Elmar Hoffmann, Andre Kurz e Rômulo Santos Souza, Mario Rost e Erni Walter Seibert. Também a participação da Dra. Miriam Flor Park que nos possibilitou a segurança médica. Sem eles teria sido muito difícil conseguir alcançar os objetivos de um Encontro realizado numa cidade Metropolitana e com tantas atividades”, concluiu o pastor emérito Osmar Schneider.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias Relacionadas

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó

Veja também

A parábola do semeador

A cultura digital afasta-nos da terra. Por mais evoluídos que sejamos, não podemos perder contato com a terra, a terra somos nós mesmos, pó é nossa origem e nosso destino. O período de uma vida transcorre de pó a pó

A subjetividade contemporânea do rolar a tela do celular

O Tik Tok passa a predominar e compor o mundo intrapsíquico do ser humano. E tal composição atinge milhões de pessoas, como uma espécie de hipnose pandêmica.

A dolorosa volta para casa

Após 20 ou mais dias, vítimas da enchente no RS começam a retornar aos seus lares para limpeza e reconstrução